Professor do Campus Alto Paraopeba entrevistado no podcast CienciON

O CienciON é um projeto de extensão da Universidade Federal do ABC (UFABC) focado em discussões de ciências, com especial atenção a aspectos humanos de seu desenvolvimento

 

O professor do Departamento de Tecnologia em Engenharia Civil, Computação e Humanidades (Dtech), Marconi de Arruda Pereira, foi entrevistado pelo podcast CienciON, falando sobre o tema Nas ondas do rádio, do espaço à Terra.

O CienciON é um projeto de extensão da Universidade Federal do ABC (UFABC) focado em discussões de ciências, com especial atenção a aspectos humanos de seu desenvolvimento. Coordenado pelo professor Pedro Autreto (UFABC), trata-se de iniciativa bem-sucedida de divulgação científica: os números mostram que a seção de entrevistas tem atingido mais de 60 mil internautas, ao passo que os episódios apresentados têm, em média, mil acessos por mês.

Segundo o professor Marconi, sua participação se deu após o coordenador do CienciON e sua equipe oferecerem, há dois anos, um treinamento no Campus Alto Paraopeba (CAP). "Naquela época, o professor Pedro Autreto nos incentivou a replicar aqui a experiência de gravação de podcasts, a estreitarmos contato com eles. Tivemos algumas conversas e surgiu a oportunidade de participarmos, primeiro apresentando o trabalho que estamos desenvolvendo sobre radiocomunicação", explica.

No podcast, que dura cerca de 50 minutos, Marconi Pereira fala sobre a história e a física das ondas do rádio . Após a experiência, Marconi está atuando junto à equipe do projeto, participando das discussões de novos programas, bem como da escolha de pautas e futuros entrevistados.

 

Divulgação científica

Num momento difícil para a pesquisa, o professor da UFSJ avalia como muito positivo o trabalho do CienciON. Para Marconi, a Ciência, especialmente no Brasil, está sofrendo muitos ataques porque os cientistas perderam o contato com a população. "Precisamos, com urgência, nos dedicarmos a realizar divulgação científica para leigos. Divulgar Ciência, conseguir engajamento da população, é uma questão de sobrevivência para a Academia", adverte.

Para o pesquisador, é muito positivo que a UFSJ esteja se tornando parceira do CienciON. "Sem dúvida, nos ajudará a sermos ainda mais conhecidos, estreitando esse laço entre a universidade e a sociedade", prevê.

Ouça aqui o episódio 43 do podcast CienciOn.


Imprimir  

Tudo o que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

Receba nossas noticias em seu e-mail:

 

 







entre em contato pelo whatsapp