Regional de Barbacena promove capacitação de Vigilância Sanitária em Odontologia

Superintendência Regional de Saúde de Barbacena promove Oficina de Capacitação em Odontologia para técnicos de fiscalização em Vigilância Sanitária dos municípios que fazem parte da regional de saúde

 

SAÚDE

Regional de Barbacena promove capacitação de Vigilância Sanitária em Odontologia

Por Priscila Rezende

Entre os dias 6 e 10 de julho, a Superintendência Regional de Saúde de Barbacena promove Oficina de Capacitação em Odontologia para técnicos de fiscalização em Vigilância Sanitária dos municípios que fazem parte da regional de saúde.  Ministrada pela referência de Educação Permanente em Vigilância Sanitária da SRS/Barbacena, Elizabete Pupo, a oficina tem por objetivo capacitar técnicos municipais, para que eles sejam multiplicadores para a atuação na fiscalização de consultórios e serviços odontológicos em seus municípios.

Na abertura do evento, o Superintendente da Regional de Barbacena, Robson Vidigal destacou a importância das capacitações e da aproximação com as realidades dos municípios: “a capacitação é um momento importante em que há troca de ideias. Acho que o intercâmbio de informações é fundamental para que possamos crescer no processo e buscar as melhorias que a gente precisa. Vocês que estão, no dia a dia, próximos aos problemas, podem trazer informações que enriquecem e ajudam a promover mudanças”.

Em continuidade ao início da oficina, inicialmente foi abordada a questão sobre equipamentos e instrumentais dos consultórios. “É importante termos conhecimento em relação aos equipamentos, instrumentais e quantitativo de materiais necessários, pois assim temos um parâmetro, ao verificarmos os consultórios durante as inspeções, se o que tem no consultório é suficiente”, afirmou a palestrante Elizabete Puppo.

 

Durante a capacitação os temas abordados abrangeram conteúdos relacionados aos consultórios odontológicos, tais como: laboratório de prótese, saúde ocupacional, riscos, segurança do trabalho, vigilância sanitária em odontologia, artigos de superfície, saúde do trabalhador, gerenciamento de resíduos, e também a realidade que se costuma encontrar nos estabelecimentos durante as inspeções e a relação do fiscal com o profissional de odontologia. “Devemos trabalhar bem essa relação entre fiscal e profissional para mudarmos essa visão de que a fiscalização tem um objetivo apenas de punição”, frisou a palestrante.


Imprimir  

Tudo o que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

Receba nossas noticias em seu e-mail: