AGORA É LEI | Grávidas de Barbacena podem contar com a presença de Doulas para acompanhamento de parto

O prefeito Carlos Du sancionou hoje (21/01) a lei 5.068/2021 aprovado pela Câmara Municipal sobre a presença de Doulas durante o período de trabalho de parto e pós-parto em ambientes médicos.

Com amplo conhecimento da rede de atendimento às mulheres, as doulas orientam sobre o que esperar do momento do parto e do pós parto. - Lela Brandão/Coletivo Buriti

O prefeito Carlos Du sancionou hoje (21/01) a lei 5.068/2021 aprovado pela Câmara Municipal sobre a presença de Doulas durante o período de trabalho de parto e pós-parto em ambientes médicos. O projeto aprovado prevê a presença das Doulas nas maternidades, casas de parto e estabelecimentos hospitalares congêneres situados em Barbacena. A lei também aponta a atuação das profissionais nas consultas e exames de pré-natal, sempre que solicitado pela paciente.

De acordo com a lei, as Doulas permitidas são aquelas profissionais habilitadas em curso para esse fim que oferece apoio físico, informacional e emocional à pessoa durante a gravidez, especialmente, durante o trabalho de parto e pós-parto imediato. As Doulas colaboram assim para suporte contínuo, visando uma melhor evolução desse processo e o bem-estar da grávida.

A presença das Doulas é opcional para a gestante, no entanto caso ela queira a presença da profissional, o hospital tem que autorizar a sua presença, cabendo a gestante arcar com os custos da contratação da profissional, no entanto é proibido que o hospital faça algum tipo de taxação adicional.

As maternidades, casas de parto e estabelecimentos hospitalares congêneres promoverão individualmente o cadastro de cada Doula que atua naquele estabelecimento, respeitando preceitos éticos, de competência e das suas normas internas de funcionamento.


Imprimir  

Tudo o que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

Receba nossas noticias em seu e-mail: