17
17/02/2020

Publicidade

Conheça os usos e aplicações do aparelho lingual

A ortodontia é a área de atuação na qual o dentista corrige disfunções no crescimento dos dentes em relação à face. Saiba +

Odonto Company 13 02 2020Para se ter uma ideia, essa especialidade é responsável pelo avanço nos tratamentos por meio de dispositivos, por exemplo, do aparelho lingual. Mas você sabe o que é e como funciona esse método revolucionário? Neste post, entenda como o aparelho lingual consegue corrigir desvios na dentição com peças metálicas visíveis sem prejudicar a estética do rosto. Além disso, descubra o que diferencia tal técnica do aparelho fixo, do móvel e do expansor palatino. Comece a leitura agora mesmo e tire todas as dúvidas sobre o assunto!

O que é o aparelho lingual e como funciona? Método invisível para as outras pessoas, o aparelho lingual é uma estrutura ortodôntica colocada na parte de trás dos dentes para corrigir desvios no crescimento e no desenvolvimento da dentição. Funciona de maneira similar ao tradicional, com ajuda de bráquetes e de fio metálico na face oral dos dentes. Entretanto, diferentemente de outros dispositivos, a técnica lingual consegue exercer pressão na boca com peças menores, melhorando o resultado estético e trazendo mais conforto para o paciente.

Quais são as principais aplicações do aparelho lingual? A principal indicação é para quem tem problemas ortodônticos e deseja conquistar um sorriso harmônico, sem prejudicar a aparência com peças metálicas. Da mesma forma, a técnica é bastante procurada por praticantes de esporte, já que diminui as chances de lesão na boca na hora do exercício físico. Ainda, o aparelho lingual não causa desgaste contínuo na língua, entretanto, deve ser uma opção para o paciente com toda a dentição, uma vez que implica uso de bráquetes e linha metálica na parte interna dos dentes.

Quais diferenças entre aparelho lingual e outros dispositivos? Até aqui, você descobriu como o método lingual consegue tratar disfunções orais sem prejudicar a estética da face. Mas quais são as principais diferenças entre os tipos de aparelho? Em relação ao aparelho fixo, o método lingual tem algumas semelhanças, como o uso de peças metálicas, mas a grande diferença está na forma como os mecanismos são colocados na boca. Enquanto a técnica tradicional expõe o dispositivo, o tratamento “invisível” interfere na face lingual da dentição. Por outro lado, o aparelho lingual não é móvel, fato que o diferencia de alinhadores, como o Invisalign®, removido em ocasiões específicas e confeccionado sob medida para o paciente. Ainda, difere-se bastante do expansor palatino, o qual é indicado para tratamentos no céu da boca, onde fica a região entre as cavidades oral e nasal.

Pronto! Agora você sabe como bráquetes e arcos são usados na face oral dos dentes para corrigir disfunções na boca. Nesse sentido, o aparelho lingual bastante diferente de dispositivos fixos e do expansor palatino é ótima opção para quem deseja ter sorriso harmônico sem abrir mão do conforto e da estética.

Informações: Odonto Company


REDAÇÃO DO BARBACENAMAIS - Whatsapp (32)9 8862-1874 - Email: redacao@barbacenamais.com.br







O Portal de Noticias BarbacenaMais não se responsabiliza pela opinião dos leitores expressas aqui através de seus perfis no Facebook.

Este trecho é parte de conteúdo que pode ser compartilhado utilizando o link http://www.barbacenamais.com.br ou as ferramentas oferecidas na página.
Textos, fotos, artes e vídeos do BarbacenaMais estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do portal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização do BarbacenaMais (relacionamento@barbacenamais.com.br). Essas regras têm como objetivo proteger o investimento que o BarbacenaMais faz na qualidade de seu trabalho.