A Santa Casa de Misericórdia de Barbacena tornou-se, no decorrer de sua trajetória, em uma entidade referência no atendimento materno infantil, principalmente na área de obstetrícia. Saiba +

Sc 05 01 2018Segundo balanço realizado pela entidade, no ano de 2019, nasceram 2475 bebês e desta vez, o sexo masculino foi o destaque representando 53,8%, o que corresponde a 1.334 bebês. Importante ressaltar que o menor prematuro nascido na Santa Casa foi no ano passado, com 448 gramas e um menino. Já os bebês do sexo feminino somaram 46,1%, totalizando 1.141. A Santa Casa recebe em seu setor de obstetrícia para nascimento de bebês, gestantes dos 51 municípios da Macrorregião Centro Sul. Um grande destaque foi a quantidade de gemelares, que chegaram a 37 nascimentos, no ano passado, algo que vem sendo bastante comum na obstetrícia. Só nos dois meses deste ano de 2020 já foram três casos de gemelares.

A Santa Casa, que é um Hospital Amigo da Criança e hoje integrante da Rede Cegonha, trabalha com olhar totalmente voltado para o bem-estar da mamãe e de seu filho. Todas recebem, antes de ter alta hospitalar, diversas orientações sobre a importância da amamentação para o crescimento e a saúde do bebê e do quanto é importante para a saúde da mulher. E ainda fez o incentivo à doação de leite materno que depois de pasteurizado é ministrado aos bebês prematuros internados na UTI Neonatal. Antes de receber alta, são realizados o teste do coração, da orelhinha, e da linguinha (verificando a sucção e a pega na hora de mamar) e do olhinho (reflexo vermelho). Em relação aos bebês que nascem prematuros, tem todo um atendimento especial enquanto permanecem no hospital.