Gabinete é arrombado e vereador José Jorge diz que é vítima de perseguição política

O gabinete do vereador José Jorge Emídio, do PDT, localizado na rua São Vicente de Paulo, no bairro Andaraí, foi arrombado noite de terça (23) para a madrugada de quarta-feira (24). SAIBA+

Agência Expresso - O gabinete do vereador José Jorge Emídio (foto), do PDT, localizado na rua São Vicente de Paulo, no bairro Andaraí, foi arrombado noite de terça (23) para a madrugada de quarta-feira (24).

O tambor da fechadura da porta de ferro de acesso à rua foi destravado e a porta de madeira de acesso ao gabinete foi arrombada. Quem invadiu o local chegou a entrar no gabinete do vereador, abriu o armário onde estão guardados pastas e documentos de sua atividade parlamentar mas sem que bem móvel, computadores ou até mesmo dinheiro fosse levado.

Segundo assessores, haviam envelopes com dinheiro nas gavetas mas nada foi levado.

Para o vereador, José Jorge, o crime tem motivação já que estamos em um ano de eleição. Ele lembra que desde o último dia 20 estamos em período de realização de convenções eleitorais.

Ele declarou que “provavelmente são pessoas que estão tentando me incriminar em uma atitude covarde ou procuravam alguma coisa suspeita mas as minhas atividades na vida pública são transparentes. Quem quiser ter acesso à algum documento público, o gabinete está à disposição e de portas abertas”, afirmou José Jorge.

José Jorge é um dos mais antigos vereadores da Câmara Municipal, segundo seu perfil no site do Poder Legislativo. Ele é servidor público municipal, foi líder comunitário nos bairros Vilela e Caiçaras e atua com foco no social, sempre em favor do desenvolvimento comunitário, principalmente nos bairros onde tem atuação constante. José Jorge foi reeleito em 2016 com 1.152 votos pelo PDT e está cumprindo seu quarto mandato. Foi primeiro suplente de vereador por dois mandatos consecutivos (2000 a 2008).

 


Imprimir  

Tudo o que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

Receba nossas noticias em seu e-mail: