18
18/11/2018

Vereador pode ser punido por postagem homofóbica


Postagem do vereador tomou grande repercussão na cidade. Saiba Mais...

001 Ilton RomanO vereador Milton Roman, do PHS, o mais votado nas eleições de 2016, pode ser punido por compartilhar postagens homofóbicas em suas redes sociais criticando o candidato do PT à presidência, Fernando Haddad. A postagem teve repercussão em diversas camadas sociais, na Câmara Municipal e até na Superintendência Regional de Ensino. Na sessão de quinta-feira, dia 11, foi lido um requerimento da Superintendência pedindo punição ao vereador que compartilhou e comentou uma postagem que dizia que “Bolsonaro vai ensinar seu filho a dar tiro no Exército; Haddad vai ensinar seu filho a dar a bunda; a escolha é sua”.

Pouco tempo depois, o vereador apagou a postagem de sua página. Na sessão de quinta-feira, dia 11, os vereadores Edson Rezende e Thiago Martins (PT) e a vereadora Vânia Castro (MDB) criticaram a postagem do vereador. Milton Roman pediu desculpa pela postagem e reconheceu que apenas compartilhou uma postagem. O vereador Odair Ferreira, lembrou que apesar do vereador Milton Roman ter pedido desculpa no plenário a situação é muito clara com relação a velocidade da internet. O vereador Amarílio de Andrade considera a situação solucionada.

Para a Superintendente Regional de Ensino, Maria Theresa Fortes publicou em seu perfil no facebook "Indignada com a postura desse representante do Legislativo (Vereador) em Barbacena! Sinto-me desrespeitada frente à direção das escolas! Peço publicamente uma posição do Ministério Público!", seguida de um print da postagem do vereador.

Também nas redes sociais diretores de escola, professores e educadores se posicionaram contra a postura do vereador Milton Roman. Numa das postagens, o vereador Edson Rezende publicou: "Fiquei estarrecido com a postagem do vereador Milton Roman que trata de maneira desrespeitosa os profissionais da educação e o candidato à presidência da república Fernando Haddad, respeitado professor universitário. É uma afronta à sociedade, que neste momento precisa de equilíbrio e verdade. A disseminação do ódio e da homofobia só traz mais violência e insegurança. Este é o pior caminho na política. Repudio veementemente esta atitude.  Faz-se necessário, que ele, enquanto representante do povo se retrate publicamente. Reitero que nosso mandato está averiguando todas as medidas cabíveis para a garantia dos direitos de todos os cidadãos".


Fonte: Jornal Expresso/BarbacenaMais


REDAÇÃO DO BARBACENAMAIS - Whatsapp (32)9 8862-1874 - Email: redacao@barbacenamais.com.br







O Portal de Noticias BarbacenaMais não se responsabiliza pela opinião dos leitores expressas aqui através de seus perfis no Facebook.