19
19/04/2019
308 New Articles

Publicidade

Novos deputados discutem solução para barragens


A reunião foi realizada na quarta-feira, dia 30 de janeiro, em Brasília. Leia Mais...

Deputados
Os novos deputados Lafayette Andrada (federal) e seu sobrinho Doorgal Andrada (estadual) durante a reunião que debateu a questão das mineradoras. Foto: Divulgação

Os novos deputados federais e estaduais eleitos por Barbacena participaram de reuniões para discutir a questão das mineiras e das barragens. A reunião foi realizada na quarta-feira, dia 30, em Brasília. Entre eles estavam o então vereador por Belo Horizonte e deputado estadual eleito Doorgal Andrada e seu tio, o deputado estadual Lafayette Andrada, eleito deputado federal que sucede politicamente seu pai, Bonifácio Andrada que exerceu dez mandatos na Câmara Federal.

Ao comentar a situação, o então vereador que tomou posse no dia 1º de fevereiro declarou que “assim que tomei conhecimento da reunião da bancada federal mineira, em Brasília, para discutir a tragédia de Brumadinho e a questão das barragens em Minas, decidi participar junto com o deputado federal eleito Lafayette Andrada, para acompanhar de perto e saber quais são os projetos e as tomadas de decisão em curso no plano federal para embasar meu posicionamento e minha atuação na Assembleia Legislativa, contribuindo para ações integradas e efetivas. Tomo posse como deputado estadual, mas quis participar porque considero que essa questão é prioritária e tem que ser encarada com seriedade e responsabilidade. Pela segurança e tranquilidade de milhões de mineiros, pela proteção aos animais, à flora, aos cursos d’água, e mesmo pela importância da mineração no nosso Estado, não podemos permitir que essas barragens sejam uma ameaça permanente à vida. Da minha parte, o compromisso é agir com firmeza e determinação para que se alcance uma solução definitiva, que, aliás, já deveria ter sido tomada há muito tempo”.

Com Jornal Expresso


REDAÇÃO DO BARBACENAMAIS - Whatsapp (32)9 8862-1874 - Email: [email protected]







O Portal de Noticias BarbacenaMais não se responsabiliza pela opinião dos leitores expressas aqui através de seus perfis no Facebook.