20
20/01/2019

Publicidade

Governo Zema quer garantir funcionamento de serviços essenciais e pode rever demissões de comissionados


Segundo nota oficial emitida pela Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão, decreto publicado pelo atual governo resguarda comissionados de serviços essenciais à população até que seja feita uma coleta de informações sobre as necessidades de recursos humanos no Estado. Saiba mais...

001 AgenciaMinas

0001 Legenda Cidade Administrativa do Governo de Minas Gerais - Foto: Dilvulgação/ALMG

A Secretaria de Planejamento e Gestão de Minas Gerais informa que, conforme previsto em decreto publicado na primeira edição do Diário Oficial deste atual governo, está em andamento o levantamento de pessoal a partir de dados enviados por todos os setores de Recursos Humanos (RHs) do Estado.

A coleta de informações está transcorrendo, neste momento, para a verificação consistente do quadro de funcionários de recrutamento amplo para que haja enxugamento da máquina pública mineira, seguindo a plataforma de governo eleita em Minas.

O decreto que estabeleceu exonerações deste pessoal que não é concursado resguardou todos serviços essenciais para reparar decreto da administração anterior que previa o desligamento de comissionados em todas as áreas.


REDAÇÃO DO BARBACENAMAIS - Whatsapp (32)9 8862-1874 - Email: [email protected]







O Portal de Noticias BarbacenaMais não se responsabiliza pela opinião dos leitores expressas aqui através de seus perfis no Facebook.