18
18/10/2019

Publicidade

3 de outubro – Greve Nacional da Educação Superior

Nesta quinta-feira, 3/10/2019, o Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG) participará do ato contra o desmonte da educação pública no Brasil. Saiba mais...

001 Greve Geral

3 de outubro – Greve Nacional da Educação Superior

Nesta quinta-feira, 3/10/2019, o Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG) participará do ato contra o desmonte da educação pública no Brasil.

A concentração acontece a partir das 17h, na Praça Afonso Arinos, em Belo Horizonte. 

A manifestação é uma resposta contra os cortes e privatizações das universidades, Centros Federais de Educação Tecnológica (Cefet’s), institutos federais e contra a violência nesses espaços.  Também é um basta à perseguição da liberdade de ensino, militarização das escolas e à postura autoritária do governo federal com o povo brasileiro. 

O Ministério da Educação foi um dos mais atingidos com a política de contingenciamento do governo Bolsonaro, chegando a mais de R$ 6 bilhões de recursos congelados. O programa Future-se também é repudiado pela manifestação, já que propõe a privatização do ensino superior público, por meio da cobrança de mensalidades e venda do patrimônio das instituições. 

Outro ponto é a nomeação arbitrária de reitores para universidades federais, que não respeitou o processo de eleição democrática. 

Em Minas Gerais, o governador Romeu Zema fechou mais de 200 salas de aula com a fusão de turmas, cortou mais 40 mil vagas no programa Escola de Tempo Integral, não apresentou propostas para o pagamento do Piso Salarial à categoria e demonstra um distanciamento no diálogo com o movimento sindical. 

A manifestação é convocada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) e demais centrais sindicais. 

2 e 3 de outubro – Greve Nacional da Educação 

A luta foi unificada entre estudantes e classe trabalhadora. A União Nacional dos Estudantes (UNE), a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES) e a Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG), numa mobilização em defesa da pasta no MEC, convocaram uma Greve Nacional da Educação dos estudantes, nos dias 2 e 3 de outubro. 

“O Sind-UTE/MG apoia essa greve e entende que a luta por uma educação pública de qualidade social, seja no ensino básico, médio, seja no superior, precisa ser gratuita e acessível. Estamos juntas e juntos na batalha para derrotar esse projeto de governo privatista, que não coloca a educação como prioridade de investimento e como ferramenta de transformação social”, disse a coordenação geral do Sindicato.


REDAÇÃO DO BARBACENAMAIS - Whatsapp (32)9 8862-1874 - Email: [email protected]







O Portal de Noticias BarbacenaMais não se responsabiliza pela opinião dos leitores expressas aqui através de seus perfis no Facebook.