Assembleia adere a campanha em apoio a produtores de flores de Minas Gerais

Secretária de Agricultura afirma, durante reunião do Plenário, que setor foi um dos mais prejudicados pela pandemia. SAIBA +

A adesão da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) a uma campanha em favor dos produtores de flores em Minas, um dos setores agrícolas mais prejudicados pela pandemia causada pelo novo coronavírus, foi um dos frutos de sabatina realizada nesta quarta-feira pelos parlamentares à secretária de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Ana Maria Soares Valentini.

A arguição da secretária foi feita em Reunião Especial do Plenário, logo em seguida a um evento semelhante com a participação do Presidente da Cemig, Reynaldo Passanezi Filho. Em dias anteriores, diversos outros gestores estaduais já foram ouvidos na ALMG sobre o impacto da pandemia da Covid-19 no setor público e em vários setores da economia.

A campanha "Envie um abraço em forma de flor", criada pelo Governo do Estado, foi exibida pela TV Assembleia durante a reunião. A exibição do vídeo, que incentiva a encomenda de flores para o dia das mães, foi anunciada pelo presidente da Assembleia, deputado Agostinho Patrus (PV), atendendo uma sugestão do presidente da Comissão de Agropecuária e Agroindústria, deputado Coronel Henrique (PSL).

Questionada pelos parlamentares sobre os setores mais prejudicados pela pandemia, a secretária Ana Maria Valentini enumerou, além da produção de flores, a indústria leiteira, o setor sucroalcooleiro e a agricultura familiar em geral.

Diversos deputados manifestaram preocupação com a agricultura familiar, em especial com a interrupção das compras de alimentos para merenda por meio do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae). Além de Coronel Henrique, também mencionaram o problema os deputados Betinho Pinto Coelho (Solidariedade) e Gustavo Santana (PL).

A secretária afirmou que, de acordo com o último levantamento realizado pelo governo, apenas 13% dos agricultores familiares estão conseguindo comercializar seus produtos, em decorrência da suspensão das feiras em diversos municípios e da suspensão de compras para a merenda escolar.

Com relação às feiras, ela disse que o Governo do Estado está incentivando os municípios, principalmente em regiões menos afetadas pela Covid, a flexibilizarem a proibição desses eventos, adotando medidas de prevenção como o distanciamento entre as barracas, uso de máscaras e evitando a presença de idosos e outras pessoas de grupos de risco.

Com relação ao Pnae, Ana Maria ressaltou que o programa é federal. Portanto, o governo tem procurado mobilizar a bancada de deputados federais mineiros em favor de uma proposta de manutenção das compras de alimentos, de forma que eles sejam repassados às instituições de assistência social para distribuição à população carente.


Imprimir  

Tudo o que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

Receba nossas noticias em seu e-mail:

 

 







entre em contato pelo whatsapp