fbpx

Prefeitura vai gastar 3 milhões de reais com cartão para combustíveis

Na Câmara, a divulgação do contrato foi alvo de reclamação dos vereadores

Expresso - O município de Barbacena contratou uma empresa administradora de cartões de gastos de combustíveis no valor de 3 milhões de reais pelo período de 12 meses. A empresa vai controlar a frota da Prefeitura e do SAS, totalizando 560 cartões. Para a prefeitura e secretarias o valor do contrato é de R$1.979.736,63, e para o SAS serão R$1.015.305,00. Os contratos foram publicados no Diário Oficial do Município e provocaram reação na Câmara Municipal.

Pela publicação, a Prefeitura de Barbacena assinou contrato com a empresa Trivale Administração, sediada em Uberlândia e vencedora da licitação com o município e o SAS. Segundo as cláusulas, cada veículo oficial terá um cartão magnético para abastecimento. Por meio de um aplicativo, "o responsável registra o trajeto percorrido e o sistema vai apontar os postos de combustíveis no trecho, bem como o valor dos mesmos. Assim, o condutor do veículo oficial deverá optar pelo menor preço". O novo sistema vai substituir a licitação onde um só posto abastecia a frota da Prefeitura.

Na Câmara, a divulgação do contrato foi alvo de reclamação dos vereadores. Eles criticaram a falta de transparência da prefeitura que introduz mais uma empresa para realizar serviços públicos na cidade, que poderiam ser feitos pelos próprios servidores. Os vereadores disseram que contratar uma empresa de outra cidade, como Uberlândia ou Riachão do Jacuípe (BA), como aponta os contratos para administrar os gastos de combustíveis dos condutores dos veículos da prefeitura, levanta muita suspeita, sendo que existe diretoria de transporte na prefeitura e no SAS, só para cuidar deste tipo de serviço.


Parceria de conteúdo com Jornal Expresso de Barbacena


Imprimir  

Tudo o que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

Receba nossas noticias em seu e-mail:

 

 







 

entre em contato pelo whatsapp