Tragédia Mariana: Afetados poderão entrar em novo processo contra Vale

Afetados pelo rompimento da barragem de Mariana podem se inscrever em um novo processo contra Vale e Samarco

Tragédia Mariana: Afetados poderão entrar em novo processo contra Vale

Afetados pelo rompimento da barragem de Mariana podem se inscrever em um novo processo contra Vale e Samarco. Vítimas que não aderiram à ação contra a BHP na Inglaterra têm mais uma chance de buscar compensação pelo desastre da barragem de Fundão.

 

Indivíduos e empresas afetadas pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG), podem se inscrever para um novo processo contra as mineradoras Vale e Samarco. A Fundação Ações do Rio Doce lança hoje uma campanha para cadastrar os interessados em buscar compensação pelos prejuízos causados pelo desastre.

O escritório Pogust Goodhead foi nomeado para atuar como principal consultor jurídico da Ações do Rio Doce nesse novo processo contra a Vale e a Samarco. O escritório de advocacia internacional Pogust Goodhead, com sede no Reino Unido, já representa cerca de 700.000 vítimas do desastre de Mariana contra a mineradora BHP nos tribunais ingleses.

Mais de oito anos após o desastre, muitas vítimas ainda não receberam a indenização adequada por seus danos. A nova ação proporciona uma breve oportunidade de se inscreverem.

O CEO e sócio-administrador do Pogust Goodhead, Tom Goodhead, disse que "chegou a hora de os conglomerados multinacionais serem responsabilizados por suas ações onde quer que operem ou obtenham seus lucros". "Estamos representando a Ações do Rio Doce nessa nova ação. Está claro que há mais vítimas do desastre que querem garantir que sejam devidamente compensadas", disse Goodhead.

Os interessados em participar devem acessar o site www.acoesdoriodoce.com e seguir as instruções ali contidas.

O processo inclui a assinatura de um acordo com a Fundação Ações do Rio Doce e o preenchimento de um questionário. A participação no pleito está sujeita à aceitação da Ações do Rio Doce. Mais informações podem ser encontradas no site da fundação (veja acima) e nas redes sociais em @acoesdoriodoce.

Serviço

Início das inscrições para os interessados em participar da ação judicial da Ações do Rio Doce contra a Vale e a Samarco referente ao rompimento da barragem de Fundão, em Mariana/MG

Data: a campanha começou em 9 de fevereiro de 2024 e vai até 1º de março de 2024.

Como se registrar: acesse www.acoesdoriodoce.com e siga as instruções.

LEIA TAMBÉM:

 


Imprimir  

 







entre em contato pelo whatsapp