Idosa é roubada por criminosos que se fizeram passar por agentes de saúde

A vítima, uma senhora de 72 anos, deu entrada no hospital apresentando confusão mental e paralisia momentânea dos membros inferiores

Um roubo foi registrado na tarde desta quinta-feira (29), no Bairro Vilela, em Barbacena.

A vítima, uma senhora de 72 anos, deu entrada no hospital apresentando confusão mental e paralisia momentânea dos membros inferiores, após ter sido medicada pelos autores.

Foi relatado aos militares que a nora da vítima foi à sua casa após não conseguir falar com ela por telefone. Na casa, ela encontrou a sogra parcialmente desacordada na cama de um dos quartos e percebeu que vários objetos haviam sido revirados.

Quando a senhora recobrou a consciência, contou que por volta das 14h, uma mulher trajando um jaleco branco, compareceu em sua residência alegando ser agente de saúde e lhe aplicaria a vacina contra gripe e deu como referência profissionais conhecidos da senhora.

No interior da residência, a mulher aplicou a “vacina” no braço da vítima e disse que causaria um pouco de sonolência. A vítima ficou desacordada só recobrando a consciência após a chegada da nora.

A vítima se recordou que também esteve na residência um homem com roupa branca e com uma bolsa típica de enfermeiros. Foi constatado que sumiu da casa da vítima a quantia de R$ 1.000, um cartão de banco, duas bolsas femininas e algumas peças de roupas.

A vítima recebeu atendimento médico no hospital sendo medicada e liberada. Os militares seguem em diligências para encontrar os autores, mas até o momento ninguém foi preso.


Imprimir  

Tudo o que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

Receba nossas noticias em seu e-mail: