"Beber cerveja é elegante, sim": Confraria Feminina de Cerveja repercute debate sobre o consumo da bebida por mulheres

A polêmica foi provocada por uma influenciadora, que questionou a imagem sobre o consumo da bebida.

Dia da Mulher

"Beber cerveja é elegante, sim": Confraria Feminina de Cerveja repercute debate sobre o consumo da bebida por mulheres

 

Principal referência no estudo e consumo qualificado de cerveja pelas mulheres, a Confraria Feminina de Cerveja (Confece), aproveita o 8 de março para se posicionar sobre a "elegância de beber cerveja". A polêmica foi provocada por uma influenciadora, que questionou a imagem sobre o consumo da bebida. Para as integrantes da Confece, que neste ano completa 17 anos, a fala é um retrocesso em relação aos avanços da sociedade sobre a equidade de hábitos e comportamentos entre homens e mulheres.

"Estamos há 17 anos provando que mulher não só pode assumir que bebe cerveja, como também entende e produz a bebida com excelência. Com nossa atuação na área, temos estimulado cada vez mais mulheres a se libertarem de preconceitos", afirma Jaqueline Oliveira, membro da Confece, professora e CEO da Escola Mineira de Sommelieria (EMS).

Segundo levantamento da Consumer Insights, o consumo de cerveja por mulheres em lugares públicos passou de 14,5% para 21,2%, de 2021 para 2022. Aumento ainda tímido, mas significativo para um mercado ainda majoritariamente masculino. 

 Participe do canal BarbacenaMais e Receba no seu whatsapp todas as notícias em tempo real - Entre agora!

LEIA TAMBÉM:


 


Imprimir  

 







entre em contato pelo whatsapp