18
18/11/2018

Coral Rotunda encerra Mostra Retrospectiva de Paulo Matos


Acervo de grande importância cultural para a cidade de Barbacena, ficou exposto durante dez dias e reuniu 69 obras no salão nobre do Olympic Club. Saiba Mais...

IMG 0292
Foto: Ana Luiza Fonseca

A mostra retrospectiva das obras de Paulo Matos, o Paulão, encerrou ontem (30), no salão nobre do Olympic Club, com uma bela apresentação do Coral Rotunda, que incluiu no seu repertório, entre tantos outros, sucessos de seresta e do cantor Milton Nascimento.

“Sei que neste mundo, onde coisas e pessoas devem ter utilidade, a arte não serve para nada. Mas não me importo. Viver a arte plenamente é como viver um amor não correspondido”. Esta era uma das frases mais conhecidas do artista, que nasceu em Prados/MG e foi radicado em Barbacena desde a sua infância.

Sérgio Ayres, um dos curadores da exposição, foi amigo próximo de Paulão durante muitos anos e contou que a mostra foi divida por fases. “Nós montamos o acervo inventariado por temas. São eles: a fase do Paulo de Natureza Morta, de quando ele foi aluno da professora de desenho e pintura Ana Mangualde; a segunda fase é quando ele entra na pintura do casario, principalmente de Barbacena; na terceira fase, ele passa a pintar o casario como ele vê, com mais cores e formas. Nesse período ele conheceu o Emeric Marcier e passou a pintar também telas religiosas e místicas; a última fase, é a fase mais colorida, mais contemporânea”, contou.

Paulo ficou conhecido em Barbacena por armar seu cavalete e pintar nas ruas da cidade, onde as pessoas se juntavam a sua volta para assistir sua arte sendo feita. Ainda segundo Ayres, a exposição é importante para “devolver o Paulo à cidade”. “Outro ponto de grande relevância é a realização de um evento cultural de grande porte na cidade. Provavelmente é a última vez que esse acervo vai ser visto junto aqui, ele está sendo vendido e vai ser encaminhado”, disse.

Diana Brasil, que hoje é membro do Coral Rotunda, foi casada com Paulo Matos durante seis anos e o casal teve dois filhos. “É importante compartilhar com a população estas obras maravilhosas e fazer uma homenagem ao Paulo, porque ele nunca fez uma exposição tão grande e com tantas fases”, disse. 

José Mario Nogueira de Oliveira, Presidente do Olympic Club, também lembrou que é a primeira vez que a cidade recebe um acervo do artista. “Paulão deixou um legado na cidade que vai ser lembrado por muitos e muitos anos. O Olympic passa a fazer parte da história cultural da cidade, uma vez que nós já tivemos representatividade esportiva e social ao longo dos anos”, disse.

O acervo, que já está com metade dos quadros vendidos, conta com 69 telas que pertencem aos filhos de Paulo Matos. Para verificar se os quadros ainda estão disponíveis, é preciso entrar em contato com a família de Paulo Matos pelo telefone (32) 988375216.

  • IMG 0270
  • IMG 0271
  • IMG 0274
  • IMG 0275
  • IMG 0278
  • IMG 0281
  • IMG 0282
  • IMG 0283
  • IMG 0285
  • IMG 0286
  • IMG 0288
  • IMG 0290
  • IMG 0291
  • IMG 0292
  • IMG 0293
  • IMG 0294
  • IMG 0295
  • IMG 0297
  • IMG 0298
  • IMG 0299
  • IMG 0300
  • IMG 0301
  • IMG 0302
  • IMG 0303
  • IMG 0305
  • IMG 0306
  • IMG 0307
  • IMG 0309
  • IMG 0310
  • IMG 0311
  • IMG 0312
  • IMG 0313
  • IMG 0314
  • IMG 0315
  • IMG 0317
  • IMG 0320
  • IMG 0321
  • IMG 0322
  • IMG 0323
  • IMG 0324
  • IMG 0326
  • IMG 0327
  • IMG 0329
  • IMG 0330
  • IMG 0331
  • IMG 0333
  • IMG 0337
  • IMG 0343

REDAÇÃO DO BARBACENAMAIS - Whatsapp (32)9 8862-1874 - Email: redacao@barbacenamais.com.br







O Portal de Noticias BarbacenaMais não se responsabiliza pela opinião dos leitores expressas aqui através de seus perfis no Facebook.