fbpx

Restaurante Puro é sucesso na cidade maravilhosa

O Rio de Janeiro é uma cidade conhecida pelo fluxo intenso de turistas e sua gastronomia. O restaurante “Puro” é um dos destaques na cidade, pela sua ótima localização, sofisticação e claro por sua culinária de alto nível. Uma das sócias é a jovem Marcella, neta do Gino Calvi, proprietário do restaurante barbacenense Gino´s Il Candelabro.       

GASTRONOMIA 

Restaurante "Puro" é sucesso na cidade maravilhosa  

 Um selo de pureza e qualidade chega para carimbar a esquina da Rua Visconde de Carandaí com a Pacheco Leão, no bairro do Jardim Botânico, e sob o olhar do Cristo Redentor. É ali que se encontra o Puro, restaurante contemporâneo, com receitas elaboradas com o que há de mais fresco no mercado, e em seu melhor momento. Na nova casa, o chef e sócio Pedro Siqueira busca a sustentabilidade e a aproximação aos pequenos produtores, com insumos que chegam, preferencialmente, de fornecedores locais.

O chef usa técnicas atuais para dar roupa nova aos clássicos caseiros, que marcaram sua infância. Um destes pratos é o matambre braseado com abóbora caramelada, receita original de sua avó que ganhou o toque do chef com a farofa de erva mate. “O que eu quero aqui é fazer o simples, uma cozinha que resgata o lado afetivo das receitas, mas que seja exclusiva e verdadeira, uma cozinha de origem caseira”, explica ele. As receitas autorais são inspiradas na influência caseira de preparar pratos que traduzem e valorizam a verdadeira gastronomia brasileira em ambiente charmoso, clean e sofisticado.

Esse é o primeiro restaurante de Pedro, que tomou gosto pela gastronomia ainda na infância. Ele, que estudou turismo, mudou de lado no balcão há mais de doze anos e foi parar na cozinha. Com formação baseada na culinária francesa, o chef chegou a trabalhar no restaurante Taillevent, três estrelas Michellin, em Paris. 

Entre as opções de bebidas, além da carta de vinhos com 60 rótulos orgânicos e biodinâmicos assinada por Douglas Gonçalves, o Puro também conta com uma carta de drinques autorais, releituras e clássicos, elaborada pela bartender Nívea Valmont com a consultoria de Alex Miranda. Para os fãs de cervejas, a casa oferece uma carta de rótulos nacionais.

 

Sobre o cardápio: 

Quem chega ao Puro já vai se derreter com os pães e brioches feitos na casa. Entre os petiscos, o chef Pedro Siqueira criou bolinho de arroz carreteiro com queijo minas padrão e chips de raízes com sal de limão picante. De entrada, o cliente terá opções como ravióli grelhado de pupunha recheado com cogumelos frescos e saladinha de ervas; e moela de pato confitada com cebola caramelizada e prensa de tomate assado.

 

Para os pratos principais, Pedro preparou uma seleção que contém delícias como pato assado na panela com purê de batata e farofinha crocante; matambre braseado com abóbora caramelada e farofa de erva mate; e filé mignon curado com mil folhas de batata baroa e pirão de queijo. Para adoçar a boca, pão de mel com farelo crocante de canela e sorvete de doce de leite; mousse de chocolate com flor de sal e fio de azeite; arroz de leite com baunilha fresca, doce de leite caseiro e farofa de cuca, e doce de abóbora com calda de caramelo salgado e sorvete de tapioca.

 

Sobre o projeto arquitetônico:

Com três andares, o projeto assinado pela arquiteta Ligia Cury, conta, principalmente, com a natureza como parte da decoração. Nossa ideia é garantir que o verde natural seja o grande elemento, que traz vida ao ambiente”, explica Ligia, que, para garantir este efeito, utiliza panos de vidro em áreas como o fechamento da escada que liga todos os andares, nas portas de correr da casa, e nas varandas do térreo e segundo pavimento. 

“A ideia é que a vegetação do Jardim Botânico e do jardim da casa adentre nos espaços do restaurante, trazendo essa ambiência do Puro”. Para compor o ambiente, a escolha das cores foi por tons neutros, como cinza, branco e madeira. Já o décor e a iluminação ficaram por conta do decorador Aloisio Sirimarco, que buscou móveis personalizados e aproveitamento de luz natural. 

Outros elementos que trazem o conceito de pureza através da decoração são carretéis de linho da extinta fábrica da Leslie, no Rio de Janeiro, presos à parede. Pedaços de madeira comprados na fábrica também deram corpo às luminárias do salão dos primeiro e terceiro andares. "O projeto tem que refletir a identidade do local. Para o Puro criei luminárias feitas com tubos de madeira e metal antigos que eram dos teares da extinta Leslie, última fábrica de linho nacional", explica Aloisio. 

A busca pela sustentabilidade acontece também fora da cozinha, com aproveitamento de iluminação natural, uso de lâmpadas LED, e na escolha de materiais de revestimento ecológicos, como o piso em tábua de bambu prensado de alta densidade. Os bancos estofados, mesas e aparadores do salão foram desenhados exclusivamente para o Puro. Já as cadeiras e poltronas da parte interna do restaurante são de Fernando Jaeger. 

Logo na entrada, no térreo, o ambiente conta com um grande banco estofado e uma varanda descoberta com jardim. “No segundo andar, uma grande parede de vidro faz a cozinha parecer um aquário, com bancos altos perto da boqueta. Dali, além do aconchego, uma vista deslumbrante para o parque Jardim Botânico e o Cristo Redentor completam o clima. 

A trilha sonora, assinada pela Gomus, privilegia música brasileira, com clássicos de todos os tempos e pérolas regionais, mas também inclui músicas internacionais que remetem ao clima carioca, suas praias e belezas.

 

Os sócios do Puro - Luiz Guizzi, Marcella, Regiane Alves, Sonia Bridi, Pedro Siqueira, Rafael Cardoso e Felipe Medici 

Sobre o chef: 

Pedro Siqueira tomou gosto pela gastronomia ainda na infância. Com formação baseada na culinária francesa, o chef tem um currículo vasto e passou por restaurantes renomados como Dom, de Alex Atala; Eau, com o chefe Pascal Valero; e Taillevent, restaurante três estrelas Michellin, localizado em Paris. Foi o chef Erick Jacquin que o apresentou à cidade maravilhosa, de onde nunca mais saiu. No Rio de Janeiro, foi sous chef de Luca Gozzane no Fasano Al Mare. Uma marca registrada na cozinha no chefe é a criação de receitas com inspiração caseira que traduzem e valorizam a verdadeira gastronomia. 


 

Puro – Rua Visconde de Carandaí, 43 - Jardim Botânico. Telefone: 3284-5377. Segunda a quinta, do meio dia à meia noite. Sexta e sábado, do meio dia à 1h. Domingo, do meio dia às 18h. www.purorestaurante.com.br


Imprimir  

Tudo o que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

Receba nossas noticias em seu e-mail:

 







 

entre em contato pelo whatsapp