fbpx

Coluna | Li aqui e ali, com Cristovam Abranches - Edição de 21 de novembro de 2021

As notícias da semana pinceladas nos recortes de Cristovam Abranches. Leia!

Li Aqui e Ali


Cristovam Abranches

"Todo muy bien aquí en Vancouver. ¿Tú qué tal?" Freddie Highmore (Londres, 29 anos) atende o telefone, no começo de outubro, falando em perfeito espanhol, no estúdio onde roda a quinta temporada do The Good Doctor, série pela que foi indicado a um Globo de Ouro em 2018 e que, com sua primeira temporada, obteve um enorme sucesso naquele mesmo ano. Grande parte da conversa acaba acontecendo em inglês, embora ele reconheça que dentro de um mês, quando viajar a Madri para a estreia do novo filme de Jaume Balagueró, Assalto ao Banco da Espanha, falará castelhano "o tempo todo". Highmore, ao mesmo tempo intimista e reservado, foge sem querer dos estereótipos, tanto na tela como na vida real. Filólogo, reside em Vancouver, não tem redes sociais e há algumas semanas se casou em segredo.

O ator chegou à fama aos 13 anos, após protagonizar o garoto Charlie em A Fantástica Fábrica de chocolate. Depois, encadeou vários sucessos infantis, como Arthur e os Minimoys e As crônicas de Spiderwick, mas decidiu se afastar durante um tempo da interpretação para se graduar em Filologia Árabe e Espanhola pela Universidade de Cambridge. Além disso, viveu durante um ano em Madri, fazendo estágio de tradução em um escritório de advocacia. O freio na sua carreira de menino-prodígio teve "diferentes motivos", segundo Highmore, mas eles poderiam ser resumidos em uma só palavra: curiosidade. Aquele jovem de 18 anos, que apesar de seu fama precoce teve uma infância "normal", não queria perder a experiência universitária e sentia uma especial fascinação pelos idiomas: "Eu gosto de poder me comunicar com as pessoas e me aprofundar em culturas diferentes da minha. E acredito que a melhor maneira de experimentar isso, seja na literatura ou no cinema, é sem ter que recorrer aos subtítulos ou à tradução". E como pano de fundo, uma inclinação especial pela cultura ibérica: "Sempre me senti atraído pela Espanha", acrescenta.

x-x-x-x-x

Faz anos que a Rede Globo vem fazendo uma "limpa" na empresa e demitindo uma fila sem fim de funcionários.

Veteranos, galãs, famosas, modelos. Enfim, muitos já foram dispensados da emissora.

Mas, a contenção de custos ainda não foi completa.

Agora, a TV dos Marinho mira na produção da próxima novela das sete, "Quanto Mais Vida Melhor".

Semana passada, dispensou 100 colaboradores do folhetim e os que ficaram não estão aliviados, pois sabem que vem nova lista por aí.

Os funcionários da emissora acreditavam que, depois da pandemia do coronavírus, com o aquecimento do mercado e das produções globais, tudo voltaria ao normal.

Mas, ao que tudo indica, a instabilidade no emprego vai durar por um bom tempo.

x-x-x-x-x

Com 213 milhões de assinantes e líder do mundo do streaming, a Netflix agora tornará mais fácil de ver o que eles estão observando.

A plataforma lançou, nesta terça-feira (16), o "Top 10 na Netflix", um novo site que mostrará números globais semanais de todo o seu conteúdo popular. O serviço de streaming já tem uma lista dos Top 10, mas o novo site fornece dados extras significativos. O "Top 10 na Netflix" classificará séries e filmes com base nas horas visualizadas de segunda a domingo da semana anterior. Isso é uma grande novidade sobre o compartilhamento de dados de audiência.

Anteriormente, a companhia anunciava esporadicamente os números simplesmente somando quantos relatos assistiram a pelo menos dois minutos de um filme ou série.  

No mês passado, a empresa anunciou em seu relatório de lucros que se afastaria da métrica de dois minutos.

O novo site rastreará tanto o conteúdo original da Netflix, incluindo sucessos como "Jogo da Lula" e "Bridgerton", quanto o conteúdo licenciado como "Seinfeld".

A mudança é notável porque, até recentemente, a Netflix mantinha, em sua maioria, seus números de audiência em segredo. E mesmo que os dados do "Top 10 na Netflix" não sejam verificados por uma fonte externa, compartilhar as informações adicionais é um passo na direção certa para a empresa.

Como o rei do streaming, os movimentos da Netflix podem ter um impacto de tamanho maior no mercado em geral. O streaming de dados em geral ainda é mantido próximo ao colete, portanto é possível que mais transparência da Netflix possa encorajar outros serviços a compartilhar mais dados de visualização também.

x-x-x-x-x

 

Entra em vigor lei que obriga síndico a denunciar violência doméstica em condomínios do Estado de São Paulo. O projeto foi aprovado pelos deputados estaduais em 11 de agosto na Assembleia Legislativa Paulista. O texto, de autoria do deputado professor Kenny (PP), diz que o síndico deve levar denúncias às autoridades mesmo que as agressões ocorram dentro das casas ou apartamentos. Mesmo com a obrigatoriedade da lei, não é prevista uma punição para quem não a cumprir. O governador João Doria (PSDB) chegou a vetar um artigo que previa o pagamento de multa em caso de descumprimento desta lei. A lei tipifica a violência doméstica e familiar, aquela ocorrida contra mulheres, crianças, adolescentes e idosos. Também esclarece que a denúncia tem que ser feita imediatamente em caso de violência em andamento. Se o caso já estiver ocorrido, o limite é de 24 horas.

X-X-X-X-X

Em meio à expectativa dos fãs pelo single autoral "Bicho Solto", com lançamento já anunciado por Roberto Carlos, o cantor estreou nesta quarta-feira (17) uma parceria com Liah Soares: a música "A Cor do Amor".A faixa, que já disponível nas plataformas digitais, foi gravada entre 2019 e 2020 e lançada juntamente com um clipe. Na produção, os artistas aparecem em um estúdio: Liah toca violão e canta, alternando o vocal com Roberto Carlos. A música, uma balada com versos românticos, é a primeira colaboração lançada pelo artista desde 2018, quando Roberto Carlos gravou a canção "Chegaste", em parceria com Jennifer Lopez.

x-x-x-x-x

As mortes provocadas por armas de fogo aumentaram gradativamente no Brasil desde os anos 1990, sendo responsável por 70% dos homicídios nos anos 2000. A cor da pele evidencia o risco e aumenta a proporcionalidade de letalidade.

população negra é a maior do país, representando 56% dos 212 milhões de habitantes, mas também é a mais vitimada. O estudo "Violência armada e racismo: o papel da arma de fogo na desigualdade racial", do Instituto Sou da Paz, mostra que dos 30 mil assassinatos por agressão armada em 2019, 78% foram contra pessoas negras. O levantamento realizado com base em dados do Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM) e do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan) do Ministério da Saúde, ainda revela que os homens negros são os maiores atingidos, representando 75% do total, contra 19% de homens não negros. As mulheres negras representam 4% e as mulheres não negras 2%.

X-X-X-X-X

Podem comemorar! Os bruxinhos mais queridos de Harry Potter vão se reencontrar 20 anos depois!

Será num especial anunciado esta semana pelo canal HBO Max.

Chamado de "Harry Potter 20 anos: De Volta a Hogwarts", o encontro vai ao ar dia 1º de janeiro no streaming.


Imprimir  

Tudo o que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

Receba nossas noticias em seu e-mail:

 

 







entre em contato pelo whatsapp