Conheça os suplementos que vão te ajudar a garantir uma vida longa e com saúde

Esses produtos conseguem ajudar num processo de envelhecimento mais saudável, tanto no físico quanto no mental Com o envelhecimento natural do nosso corpo, alguns nutrientes não são absorvidos da forma possível

Conheça os suplementos que vão te ajudar a garantir uma vida longa e com saúde

Por Fernanda Zanardo

Esses produtos conseguem ajudar num processo de envelhecimento mais saudável, tanto no físico quanto no mental

Com o envelhecimento natural do nosso corpo, alguns nutrientes não são absorvidos da forma comum, o que nos faz precisar de suplementos para ajudar nesse déficit.  Mas para que isso ocorra é imprescindível o acompanhamento de um profissional da saúde. Essa informação foi confirmada pela nutricionista Andrea Marinho Marti. 

“Esses suplementos podem ser adicionados na dieta do idoso sempre que a ingestão de alimentos não seja adequada”, contou.

A profissional ainda ressaltou que segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a necessidade da reposição de nutrientes deve ser avaliada de forma individual para as pessoas idosas.

Mas a especialista comentou sobre alguns suplementos que são comuns e ajudam a longevidade: Segundo Andrea Marinho, as proteínas são importantes por serem macronutrientes que atuam diretamente na construção muscular. “Idosos têm uma grande propensão a diminuição da massa muscular e a perda da força, condição conhecida como sarcopenia”, explicou.

Vitamina D: essa vitamina ajuda a ajuda a regular a absorção de cálcio e fósforo pelo organismo, além de auxiliar no fortalecimento de ossos. O que previne o surgimento de osteoporose, que ajuda a aumentar a chance de fratura osseas.

Vitaminas B: principalmente a B6 e B12 são muito importante para as pessoas da terceira idade pois vitamina B6 atua no metabolismo de proteínas, gorduras e açúcares no organismo.

Já a B12 é fundamental para a saúde do sistema cardiovascular. Vale citar que a deficiência desse tipo de nutriente pode aumentar o risco de AVC (Acidente Vascular Cerebral), de acordo com a Neural Regeneration Research.

Os minerais, segundo a nutricionista, também tem um papel muito importante para os idosos: “Além das vitaminas, minerais como cálcio, ferro e zinco podem ser utilizados como complemento da alimentação do idoso”.

Ômega 3: estudos trazem que esse suplemento causa a diminuição do risco de ter Alzheimer, além do efeito anti-inflamatório que diminui o risco de contrair diversas doenças.


Imprimir  

 







entre em contato pelo whatsapp