Coluna | Li aqui e ali, como Cristovam Abranches - Edição de 15 de julho de 2021

As notícias da semana pinceladas nos recortes de Cristovam Abranches. Leia!

LI AQUI E ALI 

Cristovam Abranches

Li no Uai:o  comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, coronel Edgard Estevo da Silva, informou nesta segunda-feira (28/6) que 142 bombeiros militares optaram pela recusa da vacina contra a COVID-19 no estado. Outros 152 ainda não tomaram por outros motivos que ainda são apurados pela corporação. 

A declaração foi feita durante audiência na Assembleia Legislativa de Minas Gerais. De acordo com o coronel Estevo, o número de não-vacinados representa 5% da oferta de imunizantes à instituição. Outros 58% tomaram a primeira dose e 35% se imunizaram com a segunda aplicação.

X-X-X-X-X-X-X-X-X

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse que o país está ao lado do povo de Cuba em seus apelos por liberdade e alívio da pandemia de coronavírus e de décadas de repressão, um dia após as maiores manifestações contra o governo na ilha comunista em décadas. Já a Rússia, uma das principais defensoras das autoridades cubanas desde os tempos soviéticos, alertou hoje contra qualquer "interferência externa" na crise. Bradando "liberdade" e pedindo a renúncia do presidente Miguel Díaz-Canel, milhares de cubanos se uniram no último domingo, em protestos de rua de Havana a Santiago, no leste do país.

x-x-x-x-x-x-x-x

Li no Uol que um aplicativo para smartphone, desenvolvido por pesquisadores da USP, pode ser a nova ferramenta de suporte emocional para quem sofre com transtornos de depressão e ansiedade.

O dispositivo foi criado após um experimento feito durante 12 semanas com pacientes portadores de doenças crônicas e sintomas depressivos. A nova tecnologia ajudou a reduzir em 50% dos sintomas nos participantes.Batizado de Conemo – sigla para Controle Emocional – o aplicativo foi desenvolvido em parceria entre a USP, a King's College (Londres), a Universidad Cayetano Heredia (Peru) e a Northwestern University (Estados Unidos).

x-x-x-x-x-x-x

Li o site do jornal Extra. Em um vídeo que circula nas redes socias, o novo técnico do Flamengo, Renato Gaúcho, cumprimenta o vice-presidente da República e torcedor declarado do rubro-negro, Hamilton Mourão (sem citar seu nome), dizendo que será mais um a usar a máscara do clube. No final da curta mensagem, ele ainda demonstra apoio ao presidente, Jair Bolsonaro (sem partido), quem chamou de "mito".

"Fala, Mourão. Tudo bem? Agora é mais um  para usar a máscara do Flamengo. Tamo junto. Sempre. Junto com o homem, nosso mito. Abraço.", disse no vídeo.

Renato Gaúcho foi apresentado na tarde desta sexta-feira como novo treinador do clube, logo após a saída de Rogério Ceni do cargo.

x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x

Se você gosta de suspense, a Netflix tem o thriller perfeito: Rust Creek. O longa conta com Jen McGowan como diretora e Julie Lipson como roteirista, abordando a história de uma estudante universitária que se perde em uma viagem e acaba perseguida por um perigoso grupo de criminosos. O filme estreou originalmente em 2018, fazendo grande sucesso no circuito de filmes independentes. Após contar com poucas exibições nos cinemas, Rust Creek contou com distribuição internacional pela Netflix. O longa se destaca por trazer uma história agoniante, repleta de reviravoltas. Rust Creek consegue manter a tensão até o fim, e fazer os espectadores se colocarem no lugar da protagonista Sawyer.

x-x-x-x-x-x-x

A atriz Juliana Paes voltou a ficar no olho do furação por questões políticas. Ao fazer um comentário crítico aos usuários do Twitter em uma postagem da economista Renata Barreto sobre os protestos em Cuba, ocorridos no último final de semana, a atriz alfinetou quem permanece em silêncio sobre o regime no país.

No post, Renata faz um questionamneto sobre a existência de uma democracia em Cuba, afirma que o país "é refém da ideologia" que as pessoas que usam "camisetinha do Che Guevara" diz defender, e manda essas pessoas tomarem "vergonha". Paes endossou as críticas da economista e disse: "Mas hoje tá um silêncio naquele Twitter... (ou tô delirando?) #cubalibre".

Na sequência, a artista global foi detonada por alguns internautas e voltou a ser chamada de "bolsonarista": "A Juliana Paes não cansa de passar vergonha. Está chamando o tuiteiro de socialista só falta nos mandar ir pra Cuba. Se você perguntar pra esse bolsominion o que é socialismo e o que está acontecendo em Cuba ela não sabe", escreveu um perfil.

x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x-x

 


Imprimir  

Tudo o que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

Receba nossas noticias em seu e-mail: