Estreia | Soltando o verbo, com a escritora Lucimar Zanzoni

Contemporânea, artista sem pretensão, moderna, desafiadora, criativa, meiga e genial. Lucimar Zanzoni é convidada do BarbacenaMais e estará publicando suas séries de crônicas aos domingos aqui. Um pouco de leveza e literatura para dias pesados e instigantes.;-)

 

SOLTANDO O VERBO MENTIR

Por Lucimar Zanzoni*

Parece mentira, mas não é. A partir de hoje meus textos, que antes postava no Facebook, no Instagram e enviava para amigos via Whatsapp, agora poderão ser lidos aqui também aos domingos. Fico feliz de poder contar com mais este espaço para espalhar minhas ideias e devaneios.
Mas pulando da verdade para a mentira, o que foi isto que aconteceu nesta semana? Sobraram inverdades por todos os lados e em todos os lugares. Acho que muita gente vai precisar de rinoplastia, não é?
E o que a gente presencia é uma total inversão de valores. A princípio, a tendência era acreditar nas pessoas. Hoje, o conceito de verdade está tão flexível, que a gente até duvida. Tem a meia verdade, tem a omissão, tem farsa, tem a fofoca, tem a fake news, tem a mentira, propriamente dita e tem até a pósverdade, ainda uma grande interrogação para os sociólogos e filósofos de plantão.
Só sei que se você quiser seguir o caminho mais curto, melhor é falar a verdade, mesmo que seja duro de falar e ouvir. Por exemplo, o Corona Vírus chegou para ficar! Uma verdade inconveniente, triste e desesperançosa. Negar este fato real e inquestionável, dá trabalho. É muito vídeo de cientista meia boca falando que não é nada, é muita receita prá aumentar a imunidade, é muito apelo pelo lado econômico, muita mentirada. Em resumo, uma trabalheira doida. Já colocar a realidade na roda é um caminho reto, totalmente sem curvas. A Covid19 pode matar. Tem que usar máscara. Tem que lavar as mãos. Tem que ficar em casa. Tem que fazer isolamento social. E ponto.
Acontece que antigamente a gente conseguia até sentir se a pessoa falava a verdade ou não, pela sua postura, pela maneira de olhar, de se mexer, pelo tipo de explicação…Hoje as coisas mudaram. Tem até “anjo” apresentando quatro versões da mesma estória. E pasme, em rede nacional. Inacreditável! O povo está tão escolado que tem até pós doutorado no assunto, aí fica difícil saber em quem acreditar. Prestando um pouquinho de atenção, dá prá ver que mesmo mostrando boas intenções, se a gente apurar tem mais comportamento culposo que doloso, e aí salve-se quem puder...
Mas não fique achando que só você não mente. Isso é uma grande ilusão. Quem nunca disse que estava ótimo, quando estava péssimo? Ou elogiou sem ser sincero? Ou disse que era logo ali, quando ainda faltava bastante?
Tem também aquela tendência que temos de mentir para nós mesmos, tipo: na segunda eu começo a dieta ou tenho certeza que ele vai mudar ou fulano não ligou porque não teve tempo.
Arrancar a máscara alheia é difícil, mas muito pior é arrancar a própria máscara e encarar a realidade. Em outros tempos falava-se que a verdade aparecia quando a máscara da falsidade era arrancada. Hoje tem lugares onde quem arrancar a máscara paga até multa. Você acredita?
Bom.. Vou, mas volto. Juro que é verdade!

..........

Na rasteira da mentira sugiro assistir os filmes A Grande Mentira (Prime Vídeo), O primeiro Mentiroso (Netflix), O Mentiroso (Telecine) e a  série Big Little Lies (HBO).


 

*Lucimar Zanzoni

O BarbacenaMais tem a honra e se orgulha de convidar para estrear nas páginas de um periódico barbacenense a autora Lucimar Zanzoni, que já é sucesso nas redes sociais e vem encantando adultos e jovens com sua literatura moderna e criativa.

Lucima Zanzoni é apaixonada por números, palavras e pessoas. Bancária aposentada, mãe por natureza e prá sempre. Procura espalhar nas redes sociais suas percepções e intuições sobre a vida de forma leve. Você a encontra também no Facebook Lucimar Zanzoni, no Instagram @LucimarZanzoni ou buscando por #levezasdalu. Seu email para correspondência é Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

O texto acima faz parte da série Soltando o Verbo, onde Lucimar reflete, neste período de pandemia, sobre um verbo relacionado com o assunto e com o momento. E a Ilustração é do Sr. García.

... BarbacenaMais...

 

 


Imprimir  

Tudo o que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

Receba nossas noticias em seu e-mail: