Voluntários se unem para transformar o Natal de crianças carentes em Barbacena

É na época de Natal que o espírito solidário costuma florescer em muitas pessoas. Tocados pela simbologia da data, muitos voluntários se mobilizam para tornar a comemoração um pouco mais feliz para crianças e adolescentes carentes de Barbacena. Leia mais...

GENTE QUE FAZ

Voluntários se unem para transformar o Natal de crianças carentes em Barbacena

É na época de Natal que o espírito solidário costuma florescer em muitas pessoas. Tocados pela simbologia da data, muitos voluntários se mobilizam para tornar a comemoração um pouco mais feliz para crianças e adolescentes carentes de Barbacena

O Natal de 600 crianças e de suas famílias será muito melhor do que elas esperavam com a ajuda dos voluntários do projeto Natal Solidário que se mobilizaram para presentear as cartas que foram escritas por crianças de três creches e uma escola de regiões carentes de Barbacena e Campolide. Nos envelopes, pedidos de brinquedos, cestas básicas, livros, presente para o vizinho e até emprego para os pais. Foram quase quatro meses de uma verdadeira operação de guerra  para atender aos pedidos e caprichar nos pacotes.

A campanha mobilizou dezenas de voluntários  que se organizaram em grupos ou individualmente para adotar as cartinhas. Segundo a coordenadora Luiza de Marilac, do projeto Natal Solidário, “o sucesso da campanha só foi possível graças ao trabalho de nossos voluntários com a ajuda de amigos, empresários e doadores. Como  sempre, nestes últimos seis anos em que realizamos esta festa, nossa equipe de amigos mostra que sabe se organizar para fazer uma tremenda diferença na vida dos que mais precisam”.

A distribuição dos presentes aconteceu no último domingo (04) nas instalações do Colégio Imaculada Conceição. A festa contou com mesas de frutas, sucos, carrinhos de pipoca e algodão doce, brinquedos infláveis, pula-pula, e reuniu cerca de 600 crianças que são alunos das creches Ação Social do Instituto Maria Imaculada/Oratório Diário Madre Madalena Morano, OSFA e Centro de Educação Infantil Oswaldo Furtado além dos estudantes da Escola Albeto Candian.  O grande momento, a chegada do Papai Noel, contou com a participação de dois voluntários vestidos de Papai Noel que fizeram a alegria da criançada.

Projeto existe há seis anos

Luiza de Marilac e as voluntárias do projeto Natal Solidário contaram à reportagem do BarbacenaMais que grande parte dos presentes distribuídos às crianças foram doados por amigos, familiares, empresários e voluntários do projeto. Mesmo com toda a corrente criada para a arrecadação dos brinquedos, o número acaba não sendo suficiente, e para complementar a relação de presentes os voluntários do Natal Solidário realizam eventos, pechinchas, rifas e o que mais for necessário para juntar dinheiro e comprar o restante dos presentes.

Ao perguntarmos aos coordenadores se todo o evento possui apoio de alguma entidade, órgão de governo ou político, e as coordenadoras nos respondem que não. “Nosso trabalho é uma alegria que fazemos com todo amor e carinho sem qualquer tipo de interesse. Não temos apoio e nem misturamos nosso projeto com nada que não seja esse ‘doar’ de carinho, de amor, de solidariedade com estas crianças”, nos conta Luiza. “Há seis anos trabalhamos em conjunto, e queremos continuar ano após ano.  Ver essa expressão de felicidade no rostinho destas crianças é o melhor presente que alguém pode receber, e nós já nos sentimos presenteadas de poder fazer isso por elas. Esperamos que a cada ano possamos ampliar esta ação e trazer mais crianças para receber seu presente de Natal”, fala emocionada a coordenadora. E finaliza, "Nós queremos de público agradecer a todos os voluntários que estiveram nesta empreitada conosco, os empresários e as pessoas simples que nos ajudaram. Vocês realizaram o sonho de 600 crianças que terão um Natal mais feliz. Obrigada!"


Com informações e imagens de Kátia Cilene?BarbacenaMais


Imprimir  

Tudo o que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

Receba nossas noticias em seu e-mail: