fbpx

O mais sublime dos atos

Transmitimos um sim quando se gosta, pois é o cartão de visitas para felicidade! Leia mais...

EM DESTAQUE

O mais sublime dos atos

Existe uma conexão sem toque! É o automatismo dos músculos da face a dar uma resposta sem palavras! A satisfação, é o primeiro ponto para a certificação do mais puro sentimento... É o que nos arranca de um estado inerte para uma ebulição emocional! Totalmente positiva, com a capacidade de contagiar vários outros indivíduos. Apenas o torpor demostra sua ausência! Traz uma beleza momentânea sobre tudo! Engrandece com a lupa do afeto desejado! Sem maior esforço exercido! Eis que surge em um breve momento! Está na composição tão simples e envolvente! Ou talvez de simplório não exista nada! É a primeira demonstração de contentamento! Faz parte da fotografia mais infantil! Há um brilho que contraditoriamente não reluz, mas ofusca qualquer tristeza! Está na característica da beleza! É um som que se escuta com olhos, quase imperceptível pela audição. Está na linda forma de dizer: Seja bem vindo! A qualquer ser amado! Não é preciso temer nem tão pouco ter cuidado. Na pura linguagem da alma, em um movimento tímido, onde traz no outro apenas a ideia de reciprocidade. Parece um grito ecoado! Transmitimos um sim quando se gosta, pois é o cartão de visitas para felicidade! É tão benéfico para quem dá, quanto para quem recebe, ou a própria cura para quem adoece. Uma marca dos loucos, para quem acredita ser lucido perante a vergonha de demonstrá-lo. O único presente dado que não se pode pegar com as mãos! Acima de nossas próprias tolices ou das lembranças quase esquecidas. Acontece facilmente diante da capacidade do palhaço que sabe arranca-lo com total maestria. Em frente ao rosto pintado que já esboça alegria. No encontro com os amigos, quanto na face dos enamorados, na carinha arteira de um menino, na docilidade meiga da menina registrada no retrato. Na satisfação de um dever cumprido, mesmo a frente ao maior cansaço, mediante um alivio, ou a qualquer fato, podemos exerce-lo feito tolos numa simples peça de teatro, surge na face dos recém-nascidos independente de qualquer tato! Estou mencionando sobre à amabilidade, Aquele menor dos feitos, simples de ser notado! Então vem cá, me dá este presente! Estou falando do Sorriso, o mais sublime dos atos!


 

Texto extraído do livro O Escultor de Frases, de George Loez

Este trecho é parte de conteúdo que pode ser compartilhado utilizando o link http://www.barbacenamais.com.br ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do BarbacenaMais estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do portal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização do BarbacenaMais (Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.). Essas regras têm como objetivo proteger o investimento que o BarbacenaMais faz na qualidade de seu trabalho


Imprimir  

Tudo o que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

Receba nossas noticias em seu e-mail:

 







 

entre em contato pelo whatsapp