São-joanense conquista pódio na Olimpíada de Português

Agora, com viagem já marcada para Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, as expectativas são grandes. Leia mais...

EM DESTAQUE

São-joanense conquista pódio na Olimpíada de Português

A adolescente Beatriz Silva Araújo Sales, de 14 anos, aluna da Escola Estadual João dos Santos, em São João del-Rei, desde criança gostava de escrever, incentivada por sua mãe e irmã. Aos 10 anos, passou a escrever em um diário, onde permaneceu por oito meses. “Para mim, a escrita é essencial. Gosto de praticá-la porque eu consigo colocar no papel minhas sensações, sejam boas ou ruins, e isso, talvez, seja a coisa mais importante em relação ao bem estar com meu interior, com minha alma”, disse, afirmando também que a sua habilidade na escrita se deve também ao hábito de leitura, que sempre teve. Hoje, aos 14 anos, participou pela segunda vez da Olimpíada de Português. “Em 2014 participei na categoria Memórias e me classifiquei dentro da Escola e de São João, porém não cheguei a passar da fase Estadual. Por sempre ter tido facilidade na disciplina, hoje é a minha favorita”, afirma. Agora, com viagem já marcada para Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, as expectativas são grandes. “Em tese, já sou bronze, agora disputo a prata ou o ouro. Na escola, a etapa classificatória aconteceu dia 15 de agosto, a municipal no início de setembro e a Estadual em outubro”. Nesta edição, o tema foi “O lugar onde eu vivo”. Beatriz usou os sinos para mostrar a identidade de sua terra natal. “Fiz uma crônica e falei sobre a Linguagem dos Sinos, homenageando São João e também porque acho isso incrível”, disse. Para sua professora de português, Cristina Célia Trindade, “a Beatriz, além de muito responsável, interessada, inteligente e educada, já demonstrava, desde o início do ano ter o dom da escrita, precisando apenas ser lapidada”. Sobre a Olimpíada, o resultado, para a professora, “é a coroação do meu trabalho, o que faz com que lecionar seja algo tão especial”.

Olimpíada

Em sua 5ª edição, 87% dos municípios do país aderiram a Olimpíada de Língua Portuguesa, que tem participação de todos os estados. Em Minas Gerais, 853 cidades e mais de 16 mil inscritos em todas as categorias (artigo de opinião, crônica, memórias literárias e poema) estão participando, cerca de 3 mil instituições de ensino e mais de 7 mil professores da disciplina. A superintendente municipal de ensino, Maria de Fátima Vale, afirma que todos os alunos do estadão se classificam para as Olimpíadas, seja na de matemática ou português, o que traz benefícios para a cidade. “É através desse conhecimento que valorizamos a prática da leitura e escrita e quebramos o tabu acerca do hábito do brasileiro em não ler. Além de valorizar nossos profissionais que tanto se dedicam pelos alunos”.


 

Redação BarbacenaMais com informações de Vertentes Agência de Notícias/VAN

Este trecho é parte de conteúdo que pode ser compartilhado utilizando o link http://www.barbacenamais.com.br ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do BarbacenaMais estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do portal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização do BarbacenaMais (Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.). Essas regras têm como objetivo proteger o investimento que o BarbacenaMais faz na qualidade de seu trabalho


Imprimir  

Tudo o que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

Receba nossas noticias em seu e-mail: