Empresário juiz-forano recebe nesta quinta-feira Medalha do Mérito Industrial concedida pela FIEMG

Leopoldo começou sua carreira em 1999, com uma pequena padaria. Hoje a Trigovita está instalada em sede própria no Distrito Industrial, em uma área de 12 mil m2 e produz toneladas por dia de massa para pães. Leia mais... 

PROFISSIONAIS DE DESTAQUE 

Empresário juiz-forano recebe nesta quinta-feira Medalha do Mérito Industrial concedida pela FIEMG

O empresário juiz-forano Leopoldo Lourenço Neto, da indústria Trigovita, receberá no próximo dia 2 de junho, em Belo Horizonte, a Medalha do Mérito Industrial concedida pela Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais - FIEMG, em evento comemorativo realizado para celebrar o Dia da Indústria.

Leopoldo começou sua carreira em 1999, com uma pequena padaria. Hoje a Trigovita está instalada em sede própria no Distrito Industrial, em uma área de 12 mil m2 e produz toneladas por dia de massa para pães. Pioneiro da família a se aventurar no setor da panificação, o empresário não se esquece de como tudo começou. “Quando criança, minha mãe fazia pães em casa e nos colocava para vender, talvez meu interesse venha daí.”, explica. A Trigovita produz uma grande variedade de linhas de produtos, como pães fatiados de forma e de leite, pães para hambúrguer e hot dog, pão sovado, brioche, pães especiais integrais e uma linha de pães integrais light. 

Os homenageados com a Medalha do Mérito Industrial são indicados pelos Sindicatos Patronais em todo o Estado. Essas indicações são examinadas pela Comissão do Mérito, que exige que os candidatos tenham no mínimo de 10 anos de comando empresarial, pioneirismo na atuação além de relevantes serviços prestados à comunidade.

O Dia da Indústria foi instituído pelo presidente Juscelino Kubitschek, em 1957, por meio do Decreto nº 40.983. No mesmo ano, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) criou a Medalha do Mérito Industrial, para homenagear industriais de destaque na cena nacional. A medalha nº 1 foi entregue ao Presidente JK, pelo industrial Lídio Lunardi, presidente da CNI e da FIEMG.

 

Em Minas Gerais, a comemoração teve início em 1960, na gestão Fábio de Araújo Motta. Desde 1965, anualmente, no dia 25 de maio, ou em datas próximas, firmou-se a tradição da outorga da Medalha do Mérito Industrial a empresários de destaque. Em 1976, foi instituído o título de “Industrial do Ano”, escolhido por Comissão designada pelo presidente da Fiemg. Este ano, Jeferson Bachour, juntamente com outros 14 empresários receberão o Mérito Empresarial. Já o título de Industrial do Ano ficou para o empresário Tadeu Carneiro, presidente da Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração.


 

Com informações de Joice Castilho

 

Este trecho é parte de conteúdo que pode ser compartilhado utilizando o link http://www.barbacenamais.com.br ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do BarbacenaMais estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do portal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização do BarbacenaMais (Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.). Essas regras têm como objetivo proteger o investimento que o BarbacenaMais faz na qualidade de seu trabalho


Imprimir  

Tudo o que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

Receba nossas noticias em seu e-mail: