FIEMG homenageia empreendedores que contribuem para o progresso do estado e do país

O evento, realizado em 23 de maio, reuniu industriais de todo o estado para prestar homenagens a empreendedores que contribuem, de forma decisiva, para o crescimento e progresso de Minas Gerais e do Brasil. Saiba mais...

 O Governador Romeu Zema participou das solenidades do Dia da Indústria - Foto: FIEMG

 

 

A Sala Minas Gerais, em Belo Horizonte, foi palco da celebração do Dia da Indústria 2019 da FIEMG. O evento, realizado em 23 de maio, reuniu industriais de todo o estado para prestar homenagens a empreendedores que contribuem, de forma decisiva, para o crescimento e progresso de Minas Gerais e do Brasil. O título de Industrial do Ano foi entregue a Ricardo Botelho, CEO do Grupo Energisa, com sede localizada em Cataguases, na Zona da Mata. O Mérito Industrial da CNI foi para o CEO e chairman da MRV Engenharia, Rubens Menin. O ex-ministro Alysson Paolinelli foi condecorado como "Construtor do Progresso". 

"Sinto-me honrado e orgulhoso de estar aqui, nesta noite com vocês", afirmou Flávio Roscoe, cumprimentando os homenageados da noite. "São vocês que honram o papel de empreendedores em cada canto do estado. São vocês que enxergam oportunidades, fincam raízes e constroem histórias de desenvolvimento, geram emprego e renda", ressaltou o líder empresarial.

"Esta celebração simboliza a união da indústria mineira, de nossas empresas e empresários, para lutar por uma nova nação. Juntos para enfrentar e superar essa crise, a mais grave de nossa história", afirmou Roscoe, ressaltando a importância do Sistema S. "Todos precisam contribuir e a FIEMG entende isso, compreendendo uma redução de 20% do compulsório recebido. Vamos fazer mais com menos", afirmou. "Buscamos, como missão da gestão Pró-Indústria, a promoção da indústria mineira em sintonia com os interesses da sociedade", disse, citando como exemplo os bons resultados dos alunos das escolas SESI e SENAI. 

Roscoe defendeu a necessidade urgente da aprovação da Nova Previdência. "O Brasil não tem opção: ou implanta – agora e com urgência – a Nova Previdência ou entrará em situação de irreversível insolvência. Vale dizer: sem a reforma da Previdência, o Estado quebra", sentenciou.

Ao todo, 18 empresários foram homenageados. "Estou emocionado e honrado em receber essa homenagem, mas ela não é apenas minha, é também daqueles que sempre fizeram parte da história da MRV", afirmou Rubens Menin.

Ricardo Botelho, diretor-presidente do Grupo Energisa, recebeu a comenda de Industrial do Ano. "Esse título me dá muito orgulho e reforça a responsabilidade que temos. Estamos vivendo um momento de crise e isso se dá, principalmente, devido à falta de dinamismo", afirmou. 

O empresário falou sobre o momento delicado pelo qual o país está passando e que isso é devido a um desequilíbrio histórico em que os empresários brasileiros são obrigados a competir carregando em suas costas o peso do Estado. "Enquanto no Brasil a indústria anda pra trás, mundialmente a inovação se acelera. Processos inovadores – Robótica Avançada, Inteligência Artificial e Internet das Coisas – impulsionam a Indústria 4.0 e estão mudando a manufatura", ressaltou o Industrial do Ano.

Alysson Paolinelli, ex-ministro e atual presidente-executivo da Associação Brasileira dos Produtores de Milho (Abramilho) recebeu a Medalha de Construtor do Progresso, por seus trabalhos realizados na área da produção agrícola tropical.

Dentre os convidados da cerimônia estava o governador de Minas Gerais Romeu Zema, que afirmou a necessidade de melhorar a eficiência do Estado. "O Brasil tem uma carga tributária muito alta e isso onera o empresariado", disse Zema, lembrando que a cerimônia do Dia da Indústria homenageia pessoas que ajudam o mundo a melhorar: os empreendedores. Segundo o governador, o Estado brasileiro se tornou um agente restritor do desenvolvimento e não propulsor.

A FIEMG entregou também o "Mérito Industrial 2019" para outros 15 empreendedores que investem em todas as regiões do estado. Leonardo Gabriel Rebouças, diretor administrativo e financeiro da Malhas Keeper, indústria do setor de vestuário localizada em Juiz de Fora, recebeu a honraria, indicado pela Regional Zona da Mata e seus 16 Sindicatos Integrados.  

O empresário é graduado em Economia pela Universidade Federal de Juiz de Fora e atua na empresa Malhas Keeper desde 1980. Começou como auxiliar administrativo, galgando espaços na malharia até se tornar sócio-gerente no final da década de 1990. Sempre atuante, Leonardo participa da gestão administrativa e financeira da empresa, que acaba de inaugurar um projeto de expansão com mais uma planta industrial de 4.000 m². 

Um dos diferenciais da Malhas Keeper é a sua preocupação com a sustentabilidade e, por isso, um dos projetos destaques encabeçados pela indústria é a Estação de Tratamento de Efluentes Industriais. Nela, os rejeitos dos parques industriais são tratados antes de serem devolvidos ao meio ambiente. De acordo com Leonardo Rebouças, para a empresa a preocupação constante com o meio ambiente é tão importante quanto as coleções lançadas anualmente. "E esta Estação de Tratamento demonstra nossa filosofia de desenvolvimento com respeito ao meio ambiente", destaca. 

O presidente da FIEMG Regional Zona da Mata, Aurélio Marangon Sobrinho, esteve presente na solenidade comemorativa do Dia da Indústria, juntamente com os presidentes e delegados dos Sindicatos filiados à FIEMG. 

Pa​ra conhecer mais detalhes sobre todos os homenageados do Dia da Indústria 2019 da FIEMG, clique aqui


REDAÇÃO DO BARBACENAMAIS - Whatsapp (32)9 8862-1874 - Email: redacao@barbacenamais.com.br


Imprimir  

Tudo o que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

Receba nossas noticias em seu e-mail:

 






Você vai gostar também



O Portal de Noticias BarbacenaMais não se responsabiliza pela opinião dos leitores expressas aqui através de seus perfis no Facebook.

Este trecho é parte de conteúdo que pode ser compartilhado utilizando o link http://www.barbacenamais.com.br ou as ferramentas oferecidas na página.
Textos, fotos, artes e vídeos do BarbacenaMais estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do portal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização do BarbacenaMais (Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.). Essas regras têm como objetivo proteger o investimento que o BarbacenaMais faz na qualidade de seu trabalho.