Supermercados BH adquire lojas e postos de combustíveis do grupo Sales

Grupo Sales contava com 14 unidades e três postos de combustíveis. SAIBA +

Com 205 lojas espalhadas por Minas Gerais, o Supermercados BH vai chegar, em breve, a mais cidades das regiões do Campo das Vertentes e Zona da Mata. É que a rede acaba de comprar as 14 lojas e os três postos de combustíveis do grupo Sales Supermercados, sediado em Barbacena. A conclusão do negócio ainda está sujeita à aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), mas o contrato de compra e venda já foi celebrado.

A informação é do fundador e presidente do Supermercados BH, Pedro Lourenço de Oliveira, que por questões burocráticas, não revelou o investimento na aquisição. Segundo ele, o aporte faz parte da estratégia da rede em expandir para o interior do Estado. “No Norte de Minas já possuímos uma forte presença, já chegamos ao Sul do Estado e também ao Centro-Oeste. Mas, naquelas regiões (Campo das Vertentes e Zona da Mata) só tínhamos lojas em Conselheiro Lafaiete e Juiz de Fora. Agora, com a compra da bandeira Sales, entraremos em outras cidades de alto potencial de consumo”, avaliou.

Fundado há mais de 60 anos em Barbacena, o Supermercados Sales conta com três lojas na cidade, três em São João Del Rei e uma em cada um dos municípios de Belo Horizonte, Carandaí, Conselheiro Lafaiete, Contagem, Juiz de Fora, Muriaé, Santos Dumont e Ubá. Já os postos de combustíveis estão localizados em Barbacena, Ubá e São João Del Rei. Ao todo são mais de 1.700 funcionários trabalhando em Minas Gerais não apenas nas lojas e nos postos, mas também no Centro de Distribuição e Administrativo, localizado em Barbacena, e na Central de Compras, situada na Centrais de Abastecimento de Minas Gerais (Ceasa Minas), em Contagem. “Todas as unidades agora passarão a operar com a bandeira do Supermercados BH”, adiantou Oliveira.

Também para 2020 está prevista a abertura de outras unidades pelo Estado, uma no bairro Alvorada (Contagem), que será inaugurada na próxima sexta-feira (15) e uma em Piumhi, no Centro-Oeste, que será aberta no dia 29 deste mês. Além disso, há mais duas lojas em construção na capital mineira e uma na cidade de Ouro Preto. Os funcionários da rede já somam mais de 20 mil.

Desempenho

Em relação ao desempenho dos negócios, o presidente da rede revelou que a expectativa é de um crescimento da ordem de 5% neste ano em relação ao anterior. De acordo com ele, esta tem sido a média apurada pela empresa nos últimos exercícios. “Mesmo diante dos desafios impostos pela pandemia (do novo coronavírus), vamos alcançar um bom resultado. Para isso, estamos mantendo nossas operações em funcionamento com todas as medidas e orientações das autoridades de saúde, com a limitação de clientes por metro quadrado, limpeza dos carrinhos, álcool em gel disponível e obrigatoriedade do uso de mascaras”, ressaltou.

Conforme o ranking da Associação Brasileira de Supermercados (Abras) 2019, o Supermercados BH faturou aproximadamente R$ 6 bilhões em 2018, 11% a mais que em 2017, quando a empresa apresentou receita de R$ 5,4 bilhões. Com o resultado, a rede liderou a lista dos mineiros e ficou em sétimo lugar em âmbito nacional. O ranking Abras 2020 com os números de 2019 ainda não foi divulgado.


Informações: Diário do Comércio.


Imprimir  

Tudo o que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

Receba nossas noticias em seu e-mail: