fbpx

O Atlético-MG venceu o grande clássico mineiro contra o América-MG e está muito próximo do troféu do Brasileirão Série A

O Atlético-MG venceu o grande clássico mineiro contra o América-MG e está muito próximo do troféu do Brasileirão Série A

O Atlético-MG levou a melhor em cima do América-MG em um clássico muito equilibrado, o jogo estava valendo a liderança isolada do Galo no brasileirão e uma boa colocação para o América-MG garantir a vaga na Copa Sul Americana. A vitória dentro do Mineirão foi emocionante pois contou com grande participação do público em uma arena praticamente lotada. Leia como foi o maior clássico mineiro que aconteceu no último domingo.

O Mineirão estava lotado neste domingo, a arena onde houve o confronto das equipes mineiras contou com mais de 60 mil torcedores, em um ritmo de clima já pós-pandemia, a volta do público ao estádio só vem impulsionando os times. Mesmo com a presença de público o confronto começou tenso e com poucas chances de gol. O 1º tempo foi marcado por uma boa movimentação e um América-MG que estava sabendo jogar na retranca e fazer contra-ataques rápidos. Aos 23 minutos Hulk entra pela direita e bate no lado direito do gol sem dificuldade para o goleiro e aos 36 em uma jogada de falta ensaiada com Arana outro gol é desperdiçado. O Atlético estava incessante e mesmo assim ainda tentou marcar um de escanteio aos 43 minutos e antes do final do 1º tempo Hulk fica em boa posição dentro da grande área porém bate para fora. 

A zaga do coelho soube lidar com as várias investidas do Galo, que tentava conectar vários ataques com Vargas, aliás este estava em um dia especial dentro de campo. O jogo que no início teve poucos momentos perigosos, ao final do 1º tempo já estava agitado e dando trabalho para Cavichioli, porém a partida terminou sem gols no 1º tempo.

 

2º Tempo marcado pela grande disputa entre as equipes

 

A volta do 2º tempo é marcada por um ânimo bem diferente das equipes, o América-MG mostra o quanto o clássico foi disputado e logo aos 4 minutos tenta fazer com depois de um chuveirinho de Ale na área, Zárate pega a sobra de Patric, porém bate em cima do zagueiro do galo.

A posse de bola já estava muito nos pés do Galo, o ataque do Atlético-MG estava buscando todas as formas de buscar espaço e logo aos 16 minutos Vargas recebe uma bola de Tche-Tche que visualiza a área em busca de uma abertura. Vargas passa para Mariano livre no lado direito da grande área, que cruza para dentro, nos pés de Diego Costa que havia acabado de entrar em campo. Diego Costa gira e passa para a esquerda, a bola termina nos pés de Guilherme Arana que chuta direto no gol e marca, o público incendeia o Mineirão no jogo com a arena lotada.  

Pela Rivalry, era possível acompanhar o grande clássico mineiro com uma cobertura de apostas em futebol totalmente diferenciada e com cobertura até de esports também! Depois disso a partida partiu para uma série de ataques entre as equipes, enquanto o América-MG tentava atacar, o Galo também, o time não se diminuiu no jogo para tentar manter o placar e sim foi o que chegou mais perto de um 2º gol da partida. Aos 33 minutos o América-MG já não demonstrava o mesmo ritmo e deixa Allan engatar o contra ataque, o mesmo passa para Hulk que estava um pouco a frente dele, o camisa 9, passa para Vargas praticamente livre na área, porém Cavichioli foi certeiro na defesa. 

Como a partida foi marcada por faltas a partir do 2º tempo, houveram mais 7 minutos de acréscimos, mas as equipes pouco criaram jogadas importantes nesse tempo. O clima ao final do jogo era de cansaço, pois ambas equipes deram o seu máximo. A partida terminou em Atlético-MG 1 x 0 América-MG, os 3 pontos foram importantes para o Galo, já que com isso ele se distancia ainda mais do 2º colocado, o Palmeiras, que aliás seguiu invicto contra o Santos a 6 rodadas. 

O Atlético-MG está muito perto, este ano de conseguir quebrar um jejum de 50 anos sem levantar a taça do Brasileirão, a última conquista foi em 1971, conforme matéria do mg superesports. Para realizar este feito, a equipe precisa manter 50% de bom aproveitamento nas 10 rodadas restantes do Brasileirão. Apesar de algumas derrotas nos últimos jogos para o Atlético-GO e Flamengo, a equipe de Cuca se mostra bastante resiliente e se recupera logo em seguida. O que vimos em campo foi a torcida em uníssono com o time, já que o Galo está muito estável e perto do título. Caso Cuca leve este título para casa pode se consagrar o melhor treinador da história do clube. 

 


Imprimir  

Tudo o que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

Receba nossas noticias em seu e-mail:

 

 







entre em contato pelo whatsapp