Estímulo 2020: Afya Educacional adere à iniciativa que vai oferecer R$ 100 milhões para socorrer pequenos negócios de Minas Gerais

Através de doações privadas, o movimento Estímulo 2020 vai oferecer crédito facilitado a juros baixos para empresas afetadas pela crise da COVID-19. SAIBA+

Maior grupo de educação médica do Brasil, com sede corporativa em Nova Lima (MG), a Afya Educacional é o mais novo integrante do Estímulo 2020, movimento espontâneo da sociedade civil criado para ajudar os pequenos negócios a atravessar o período mais agudo da crise, provocada pela pandemia. O Estímulo 2020, que nasceu há um mês em São Paulo e já arrecadou R$ 130 milhões em doações, ampliou sua atuação e chegou a Minas Gerais. A Afya vai se juntar a outras grandes marcas mineiras como Codemge, BMG, Localiza, MRV/Banco Inter, Banco Máxima, Grupo Ferreira Lopes e Supermercado BH, entre outros.


Uma adesão de peso anunciada esta semana foi a da FIEMG (Federação das Indústrias de Minas Gerais), por meio do Sicoob Credifiemg. Com isso a captação de recursos vai ser ampliada substancialmente, chegando a R$ 100 milhões para socorro a pequenas empresas do Estado. Com esse valor, a versão mineira do movimento multiplicará em até cinco vezes o montante aportado para oferecer crédito barato e facilitado aos pequenos empresários do estado.

"A responsabilidade social está no DNA da Afya, que há 20 opera com dois serviços absolutamente essenciais: educação e saúde. Desde a chegada do novo coronavírus ao Brasil, o grupo tomou uma série de medidas para amparar nosso aluno, mas também estudantes de Medicina de outros grupos, hospitais e médicos. A adesão ao Estímulo 2020 é mais uma iniciativa que reforça nosso compromisso com a retomada socioeconômico do país", explica Virgílio Gibbon, CEO da Afya.

Estímulo 2020

Sob o mote "ajudando pessoas, apoiando negócios", o Estímulo 2020 funciona em uma plataforma totalmente digital e tem o objetivo de oferecer capital de giro no valor equivalente a até um mês de faturamento das empresas, com juros de 7% ao ano, carência de 3 meses para o principal e pagamento em até 15 vezes. A iniciativa é 100% privada e reúne executivos, empresários, artistas, empreendedores sociais e empresas que contribuíram com os recursos financeiros e vão oferecer gratuitamente todos os conteúdos de capacitação, em temas como Educação Financeira, Gestão, Empreendedorismo, Inovação e Design, entre outros.

Inspirada nos relief funds americanos, o Estímulo 2020 é a primeira iniciativa do gênero no Brasil, em que entidades privadas e pessoas físicas oferecem socorro a empreendedores em dificuldades. Para ter acesso ao auxílio financeiro e aos demais benefícios da plataforma, os interessados devem se cadastrar no site http://www.estimulo2020.org/home-mg/ e completar um curso online de educação financeira. Os critérios de concessão vão considerar indicadores operacionais e histórico das empresas solicitantes. O movimento continua captando doações e atraindo novos parceiros no mercado e pretende anunciar aportes para outras regiões, com novos valores, de acordo com as adesões.

"Ficamos muito felizes em ver esse crédito chegando aos mineiros. A mobilização dos empresários locais para botar o Estímulo Minas de pé foi incrível. A sociedade mineira está de parabéns", afirmou Eduardo Mufarej, fundador do RenovaBR e do fundo de investimento de impacto GK Ventures, que mobilizou sua equipe para viabilizar o projeto. O Estímulo 2020 é a primeira iniciativa do gênero no Brasil, em que entidades privadas e pessoas físicas oferecem socorro a empreendedores em dificuldades. "Nos Estados Unidos já existem quase 500 programas como esse, conhecidos como relief funds, e o Brasil também precisava de algo assim. O momento exige nossa mobilização em benefício da sociedade, não dá para simplesmente continuarmos tocando a nossa vida como ela era", completa Mufarej.

Quem faz o Estímulo 2020 em MG

• Coordenação: GK Ventures
• Apoiadores: FIEMG, Codemge, Energisa, Grupo Ferreira Lopes, MRV, Banco Inter, Localiza, Supermercados BH, BMG, ArcelorMittal, Construtora Barbosa Mello, Banco Máxima, Entre Investimentos, Pif Paf, Direcional, Banco BS2, Bamaq, Afya, Una, Uni BH e Mater Dei
• Realização: Biz Capital, BMP Money Plus, Grafeno Digital, iugu, Pinheiro Neto Advogados, Neoway e Sicoob Credifiemg
• Parceiros: Capitalismo Consciente, Efforts, Fundação Arymax, Galápagos, Ibmec, Pílula Filmes, Rede Mulher Empreendedora, Serasa Experian e Stone
• Soluções para o empreendedor: Cora, Loja Integrada, Omie, Resultados Digitais e Unicesumar
• Comunicação: Africa

SOBRE A AFYA EDUCACIONAL

A Afya é o maior grupo de faculdades de Medicina do Brasil em número de vagas (1.866) autorizadas pelo Ministério da Educação (MEC). A empresa nasceu em 2019 da incorporação de outras marcas do segmento de educação médica com o objetivo de ser a grande parceira destes profissionais em toda a sua jornada de formação. A primeira faculdade de medicina do grupo começou a operar há 20 anos, em 1999, no Tocantins, no Norte do país. Por meio de suas unidades de ensino, a Afya atua desde a graduação - são 30 cursos, com destaque para a Medicina -, passando pelos cursos para provas de residência e outros títulos até especializações médicas.

A Afya foi a primeira empresa de educação médica do mundo a abrir capital na Nasdaq. A escolha pela bolsa americana deveu-se ao alinhamento daquele mercado e das outras empresas lá listadas com o trinômio educação & saúde & tecnologia, traduzido em uma proposta metodológica inovadora, com currículo integrado, aprendizado adaptativo e uma experiência adaptativa para alunos de Medicina ao longo de sua formação profissional.

Mais informações no www . afya . com . be no http://ir.afya.com.br

Imprimir  

Tudo o que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

Receba nossas noticias em seu e-mail: