Em tempos de pandemia, visita virtual a pacientes internados em hospitais traz benefícios

Em tempos de pandemia, visita virtual a pacientes internados em hospitais traz benefícios

Desde os primeiros casos registrados de Coronavírus no Brasil, o Hospital Ibiapaba CEBAMS passou a restringir as visitas hospitalares nos CTIs e na Sala Vermelha, para prevenir os riscos aos pacientes. Mesmo sem o contato físico, pacientes e famílias tiveram uma nova chance de reencontrarem-se diariamente: a visita virtual.

A visita virtual é uma forma de conectar pacientes e familiares por meio de ligações telefônicas ou chamadas de vídeo, através de aplicativos de conferência, como o WhatsApp. Diariamente, a equipe de Psicologia Hospitalar do Hospital Ibiapaba CEBAMS realiza essas chamadas de vídeo com os pacientes internados nas Unidades de Terapia Intensiva e Sala Vermelha. O objetivo é permitir que eles mantenham contato com seus familiares em meio às medidas de restrição social.

A Psicóloga Hospitalar do Hospital Ibiapaba CEBAMS, Elayne Muniz, explica que as visitas virtuais mantêm o apoio psicológico ao paciente no processo de tratamento:

“A visita virtual mantém o vínculo e apoio psicológico ao paciente durante sua internação. Com a tecnologia que temos disponível hoje, não é necessário manter as pessoas sem nenhum contato com o meio externo. Não há nenhuma razão para deixar pessoas completamente isoladas de contato”.

Benefícios da visita                

Muniz observa que a visita virtual possui vários benefícios para pacientes e famílias neste período de pandemia. A ação reduz significativamente o sofrimento dos pacientes, dos familiares e contribui com o trabalho dos profissionais de saúde, que passam a ganhar mais confiança dos pacientes, beneficiando a assistência

“A visita virtual, no contexto atual, tem por finalidade manter o vínculo entre paciente e família por meio de uma comunicação mais efetiva. Percebemos claramente o impacto positivo no paciente e família, com diminuição da ansiedade, insegurança, sentimento de abandono, muitas mensagens positivas, a alegria fica estampada no rosto. O retorno dos familiares é gratificante, por terem oportunidade de ver, pelo menos virtualmente, seu ente querido”, completa Elayne.

Emoção e cumplicidade

Quando os familiares de um dos pacientes do CTI do Ibiapaba souberam que as visitas haviam sido canceladas toda a família ficou baqueada, pensando de que forma o paciente iria saber que eles estavam todos ali, torcendo a cada minuto pela sua recuperação. Foi quando os funcionários do hospital indicaram a psicóloga da Terapia Intensiva e eles descobriram que poderiam gravar vídeos ou fazer lives que seriam mostrados ao seu pai.

"Foi uma grande emoção e um dos trabalhos mais lindos e gentis que já tivemos a oportunidade de acompanhar. Só de saber que nossas mensagens chegavam até ele, sabíamos que elas dariam forças para que ele soubesse o quanto o amamos e lutasse ainda mais para ficar bom. E foi exatamente isso o que aconteceu, todos os dias fazíamos nossa live ou envíavamos mensagens de vídeo, e ele foi se fortalecendo e hoje já está em casa ao nosso lado. Queria dizer o quanto esse trabalho das psicólogas e do hospital foi importante para nós e para ele", conta a filha do paciente.


Com apoio do Setor de Comunicação do Hospital Ibiapaba/Cebams

Foto: Ricardo Rios


Imprimir  

Tudo o que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

Receba nossas noticias em seu e-mail: