fbpx

Setembro Amarelo: UEMG-Barbacena discute e pratica “escuta acolhedora”

 “A escuta acolhedora e sua importância na prevenção e posvenção do suicídio”. Esse é o tema da roda de conversa que vai marcar, no dia 24 de setembro, a participação da UEMG-Barbacena na programação do Setembro Amarelo pelo quarto ano consecutivo

 

“A escuta acolhedora e sua importância na prevenção e posvenção do suicídio”. Esse é o tema da roda de conversa que vai marcar, no dia 24 de setembro, a participação da UEMG-Barbacena na programação do Setembro Amarelo pelo quarto ano consecutivo. A discussão, que será pelo Youtube da UEMG-Barbacena, a partir das 19h, está sendo organizada por professores e alunos da unidade através do Núcleo de Estudo e Pesquisa em Educação e Saúde (NEPES) e do Laboratório de Estudo e Pesquisa em Relações Étnico-Raciais (LEPER), em parceria com a prefeitura do município de Barbacena e a Polícia Civil do Estado de Minas Gerais.

O debate contará com a participação de professores, psicólogos e pesquisadores, além de profissionais e voluntários que trabalham com saúde mental e no Centro de Valorização da Vida (CVV). Participam da roda de conversa: a professora da UEMG-Barbacena Michelle Alves e os convidados Andréia de Barros Teixeira; Miguel Archanjo da Silva Junior; Moacir Gomes de Almeida; Norma Moreira Oliveira; Vivian Zicker.

O evento será aberto a todos os interessados e as inscrições podem ser feitas pelo site: https://www.even3.com.br/setembroamarelouemg/

Plantão acolhedor

Nos dias 25 e 30 de setembro, também por iniciativa do NEPES-UEMG-Barbacena, voluntários realizam durante o dia um Plantão Acolhedor com o objetivo de oferecer uma escuta acolhedora para aqueles interessados. O momento de escuta será individual e através da plataforma TEAMS.

Segundo a professora da UEMG-Barbacena Michelle Alves, coordenadora do NEPES, assim como a roda de conversa, o plantão acolhedor está aberto à participação de toda comunidade: “convidamos a todos para participarem deste evento conosco, ajudando a fortalecer a ampliação dessas temáticas tão importantes e necessárias” destaca a professora que ressalta: “A escuta acolhedora não se trata de um atendimento psicológico, mas de um momento de escuta sensível e acolhedora”.

A escuta será feita de forma individual, respeitando a privacidade e sigilo. O link de acesso às Salas de Escuta será disponibilizado na plataforma Even3 (https://www.even3.com.br/setembroamarelouemg/), não sendo necessária inscrição prévia ou agendamento.


Imprimir  

Tudo o que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

Receba nossas noticias em seu e-mail:

 

 







 

entre em contato pelo whatsapp