fbpx

Colóquio internacional debate indígenas e justiças na América colonial

Ailton Krenak vai proferir a conferência de abertura

Os indígenas e as justiças no mundo ibero-americano é o tema do colóquio internacional que acontecerá dias 20 e 21 de maio, por meio da plataforma Even3. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas aqui até dia 19.

A proposta é reunir estudiosos que analisem as múltiplas e criativas interações que os povos indígenas mantiveram com as instâncias do Tribunal do Santo Ofício da Inquisição, do Juízo Eclesiástico Diocesano e dos tribunais seculares, nas colônias ibéricas da América no período colonial.

De acordo com a professora Maria Leônia Chaves de Resende, do Departamento de Ciências Sociais da UFSJ (Decis), que faz parte da comissão científica do Colóquio, este divulgará também a coletânea homônima que inspirou a realização do evento, com a participação dos autores que investigaram, por exemplo, o tratamento dado aos povos indígenas pela cultura jurídica das três principais jurisdições presentes na sociedade colonial (eclesiástica, inquisitorial e ordinária) e as diferentes formas de controle ou proibição de costumes, práticas e rituais. A coletânea traz ensaio introdutório do pensador indígena Ailton Krenak, que vai proferir a conferência de abertura.

Além da professora Leônia, fazem parte da comissão organizadora os professores Ângela Domingues, Maria Clara dos Santos e Pedro Cardim. O evento conta com apoio de centros de pesquisa do Brasil e exterior.

Transmissão

As conferências de abertura, de encerramento, as mesas-redondas e o lançamento do livro serão transmitidos pelo canal Mundos Nativos no YouTube, no qual o evento ficará gravado. As comunicações orais, pelo Google Meet, com link disponibilizado via Even3.


Imprimir  

Tudo o que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

Receba nossas noticias em seu e-mail:

 







 

entre em contato pelo whatsapp