13
13/12/2018

Publicidade

Cesar Picinin - o atleta que corre o mundo levando o nome de Barbacena


Conheça a história do atleta e saiba quais serão os seus desafios, nacionais e internacionais, em 2019. Leia Mais...

Cesar Picinin 2
Peneda Gerês Trail Adventure 2018. Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal

Cesar Picinin é um atleta barbacenense, apaixonado pela corrida desde 2011. Praticante esportivo desde sempre, foi apresentado ao mundo das corridas pela irmã, que o convidou para uma competição de 5km em Belo Horizonte e, a partir daquele momento, não parou mais. “Foi uma evolução gradativa até eu me ‘viciar’ e acabar adotando como estilo de vida essa dedicação como atleta. No final de 2013 me inscrevi para minha primeira prova internacional de Trail (Patagônia Run - 21km) e foi quando comecei a seguir planilhas de treino elaboradas pelo meu treinador”, contou.

Cesar ainda conta que, com o passar dos anos, começou a encarar desafios maiores e a dedicação foi se tornando maior também, os treinos ficaram mais pesados e sérios até chegar no estágio em que está hoje. “Já corri ultramaratonas de montanha com mais de 100km e tendo ótimos resultados”.

Em 2014, o atleta ganhou o seu primeiro troféu em corridas, na cidade de Ubá, em uma prova de 5km. “Depois disso os pódios foram ficando mais constantes mas lembro que passei uma fase sempre ‘batendo na trave’ ficando sempre muito próximo do pódio”. Nos últimos anos, Cesar participou de grandes competições nacionais e internacionais. Nas nacionais, o destaque vai para a Ultramaratona dos Perdidos de 101km (3º geral em 2017 e 2º geral em 2018). Os destaques internacionais são: Peneda Gerês Trail Adventure, prova de etapas, realizada em vários dias (3º lugar geral em 2016, 2º lugar geral em 2017 e campeão em 2018); Endurance Challenge Chile (3º lugar geral nos 50km em 2016, Campeão nos 80km em 2017 e 5º lugar geral nos 80km em 2018); UTMB - Ultra Trail du Mont-Blanc na categoria CCC 101km (34º lugar geral).

Toda a preparação do atleta é pensando nos próximos desafios e baseada na distância da prova, no ganho de elevação e em todas variáveis da corrida. “Além dos treinos de corrida, faço atividades extras para ajudar, como aulas funcionais, uso de prancha de equilíbrio, liberação miofascial e o que for preciso para que o corpo esteja preparado da melhor forma possível. Levo uma vida muito regrada, praticamente não bebo mais, raramente saio para festas, procuro dormir bem e me alimentar de maneira saudável pois tudo isso acaba fazendo diferença na preparação. É muita dedicação e geralmente só descanso mesmo no domingo, quando tiro o dia para relaxar e me recuperar para reiniciar a semana”, disse.

Cesar Picinin já encerrou as participações nas corridas mais pesadas em 2018 mas já está se preparando para começar o próximo ano. Em 2019, o objetivo do atleta é participar de três grandes provas internacionais: Eiger Ultra Trail 101Km, no mês de julho, na Suíça; novamente o CCC 101 Km na UTMB, que acontece em agosto, na França; e Foz Côa Douro, que dura seis dias, com cerca de 155Km e acontece no mês de outubro, em Portugal. No Brasil, a principal prova acontece em março, na cidade de São Bento do Sapucaí, em São Paulo, que é a Indomit Pedra do Baú 55Km e servirá de seletiva para a Seleção Brasileira de Trail. “Além dessas, que seriam as principais. devo participar de diversas outras provas durante o ano e também de provas de corrida de rua, que participo por diversão e para tentar ganhar alguma velocidade, já que as provas de trail e longas como as que acabo fazendo, se perde bastante velocidade pois se tornam provas mais de resistência”, finalizou, Cesar.

Cesar Picinin 3
Peneda Gerês Trail Adventure 2018. Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal

REDAÇÃO DO BARBACENAMAIS - Whatsapp (32)9 8862-1874 - Email: redacao@barbacenamais.com.br







O Portal de Noticias BarbacenaMais não se responsabiliza pela opinião dos leitores expressas aqui através de seus perfis no Facebook.