18
18/10/2019

Publicidade

Bombeiros combatem mais de 10 incêndios em vegetação nesta quinta

Segundo a corporação, a área queimada chega a 20 hectares. Durante a ação foram localizados diversos animais mortos por causa do fogo.

Bombeiros 19 09 2019O Corpo de Bombeiros de Barbacena combateu 14 incêndios em vegetação nesta quinta-feira (19) em Barbacena. Segundo a corporação, a área queimada chega a aproximadamente 20 hectares. Para realização das ações foram empenhados 15 militares e cinco viaturas, que se revezaram no combate às chamas. Algumas ocorrências foram registradas na Rua das Margaridas, no Retiro das Rosas, na comunidade do Serrão, no distrito de Correia de Almeida e Rodovia BR-267. Durante as diligências, os bombeiros encontraram um bezerro, pequenos animais e répteis queimados por causa da ação do fogo na vegetação. No distrito de Correia de Almeida, os militares evitaram a destruição de uma fazenda com a plantação de três mil pés de oliveiras. No início da noite desta quinta, incêndios ainda atingiram os bairros Andaraí e Santa Efigênia.

Cuidados

Segundo o Corpo de Bombeiros, alguns cuidados podem ser feitos para evitar um possível incêndio, como evitar limpar terrenos com fogo. Confira outras orientações: Não deixar algo com fogo perto de áreas de vegetação. Aos fumantes, evitar jogar a bagana de cigarro acesa. Tenha cuidado e oriente crianças a não brincar com fogo. Evite fazer queimadas urbanas e florestais sem autorização. Faça aceiro para queimadas controladas em roçados Terrenos com mato devem ser capinados, nunca queimados. Denúncias e chamados.

Crime ambiental

Queimar é crime ambiental. A Lei nº 9.605, de 1998, prevê prisão e multa aos responsáveis. A fumaça é muito danosa à saúde, principalmente para crianças e idosos, além de prejudicar a atmosfera, por danificar a camada de ozônio. Órgãos ambientais defendem que não há necessidade de queimar, pois há alternativas corretas e legais que podem ser utilizadas.


REDAÇÃO DO BARBACENAMAIS - Whatsapp (32)9 8862-1874 - Email: [email protected]







O Portal de Noticias BarbacenaMais não se responsabiliza pela opinião dos leitores expressas aqui através de seus perfis no Facebook.