21
21/09/2019

Publicidade

Encrespa celebrou a beleza negra em Barbacena

A beleza negra foi destaque no sábado, dia 20, durante a 3ª edição do Encrespa Barbacena. O encontro foi uma boa oportunidade para refletir sobre o quão bonito o cabelo natural pode ser, e conversar sobre autoaceitação e empoderamento. Leia mais...

001 Encrespa 2019

Para abrilhantar, o evento contou com parceiros que deixaram a praça mais movimentada durante todo o dia de sábado com cultura, beleza, danças, saúde, desfile afro e muito mais. De acordo com um dos coordenadores do evento, Erick Assis, o Encrespa Barbacena, é um evento que visa trabalhar a autoestima das pessoas que valorizam o uso do cabelo natural como forma de autoconhecimento, sendo ele crespo, cacheado ou ondulado, independentemente da idade, cor da pele, etnia ou tipo de textura capilar. “A gente realiza o evento na data de julho em homenagem ao dia da mulher Latino Americana. No Brasil também estamos comemorando o dia de Teresa de Benguela, uma grande líder do quilombo”, explicou.

Teresa de Benguela foi uma líder quilombola que viveu no atual estadode Mato Grosso, no Brasil, durante o século XVIII. Foi esposa de José Piolho, que chefiava o Quilombo do Piolho ou do Quariterêre, entre o rio Guaporé (a atual fronteira entre Mato Grosso e Bolívia) e a atual cidade de Cuiabá). 

Para Isis de Oliveira, “o evento foi uma boa oportunidade para refletir sobre a cor natural que é o cabelo, seja você de qualquer etnia que tenha o cabelo com qualquer tipo de textura. Temos o objetivo de incentivar e conversar sobre auto aceitação e empoderamento feminino” afirmou. 

Prestigiando o evento, Priscila Romaica participou com uma intervenção poética, da roda de conversa e do desfile para exaltar a beleza das meninas negras.

Encrespa

Por: Diego Cobucci - Jornal Expresso

Foto 1: Rede Trilhos - Produtora

Foto 2: Diego Cobucci


REDAÇÃO DO BARBACENAMAIS - Whatsapp (32)9 8862-1874 - Email: [email protected]







O Portal de Noticias BarbacenaMais não se responsabiliza pela opinião dos leitores expressas aqui através de seus perfis no Facebook.