fbpx

Carlos Dú volta atrás e Barbacena permanece no protocolo da Onda Roxa

Após recomendação do Ministério Público de Minas Gerais para a permanência na Onda Roxa, Carlos Dú emite nota informativa dizendo que Barbacena não vai retroceder para a Onda Vermelha como havia anunciado

Às 22 horas deste domingo (11), o prefeito de Barbacena Carlos Dú emitiu nota informativa nas redes sociais (foto acima) noticiando que a cidade não vai mais avançar para 'Onda Vermelha' como havia anunciado, permanecendo na 'Onda Roxa' do programa Minas Consciente.

Na sexta-feira à noite, usando as redes sociais, Carlos Dú gravou um vídeo dizendo que a partir desta segunda-feira (12) Barbacena retornaria para a 'Onda Vermelha', uma fase um pouco menos drástica do programa, mas ainda assim com várias medidas restritivas.

Neste sábado (10), o Promotor da Justiça, Rodrigo Silveira Protásio, do Ministério Público do Estado de Minas Gerais (MPMG), publicou  uma orientação recomendando que o município de Barbacena prosseguisse na Onda Roxa, a fase mais restritiva do Plano Minas Consciente. A recomendação não se tratava de uma determinação, podendo ou não ter sido seguida pela prefeitura.

Setores do comércio em Barbacena haviam aprovado a decisão do prefeito, respeitando, é claro, as medidas sanitárias que seriam estabelecidas pela Prefeitura em decreto, que, segundo Carlos Dú estaria sendo elaborado e deveria ter sido publicado neste final de semana.

O BarbacenaMais conversou com a presidente do Conselho Municipal de Saúde (CMS), Carmem Werneck, que disse que o CMS era contra a decisão tomada na sexta-feira, de evolução para a Onda Vermelha. Segundo Carmem, "Somos contra. Não tem leito. E temos fila de espera. Não tem como sair. Temos que buscar soluções para ajudar todos que necessitam de ajuda e correr atrás das vacinas."

Neste domingo (11), segundo o Boletim emitido pela Sesaps, Barbacena possui apenas dois leitos vagos de UTI, tendo ocupados todos os outros 28 leitos disponívieis. Quarenta e sete pessoas estão internadas nos leitos reservados para pacientes com Covid, e já são 137 óbitos de barbacenenses.

Clique aqui para conferir a orientação do MPMG na íntegra.

 

 
 
 

Imprimir  

Tudo o que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

Receba nossas noticias em seu e-mail:

 







 

entre em contato pelo whatsapp