Feiras Livres poderão ir para o Parque de Exposições de Barbacena

Em reuniões entre os representantes do setor e autoridades vem sendo indicada esta saída para que os feirantes possam comercializar seus produtos com mais espaço e menos aglomeração.

 

As feiras que eram realizadas aos sábados na avenida Irmã Paula, e aos domingo na avenida Olegário Maciel, e que estavam suspensas desde o início da pandemia, em março, podem passar a ser realizadas no Parque de Exposições Senador Bias Fortes. A possibilidade foi lançada durante um encontro entre feirantes, autoridades municipais do Poder Legislativo, da administração pública e do Comitê da Covid-19.

Desde o dia 16 de março, com a publicação do Decreto nº8.617 com as medidas de enfrentamento ao coronavírus em Barbacena, foram suspensas as feiras livres. A princípio, o prazo seria de 30 dias. Entretanto, com o agravamento da pandemia a medida vigora até o momento.

Em entrevista coletiva virtual, a Secretaria de Saúde Marcilene Dornelas disse que "o Decreto não pretendia impedir as pessoas de comercializarem seus produtos, mas sim evitar aglomerações. No caso dos feirantes, a venda de porta em porta, por exemplo, não foi proibida".

Sem conseguir expor seus produtos à venda, os feirantes de Barbacena têm passado por sérias dificuldades para manter o sustento. Em razão disso, algumas reuniões entre a categoria e autoridades municipais vêm ocorrendo para que seja encontrado um caminho para a volta dos serviços costumeiros, respeitando os protocolos de segurança.

Vale ressaltar que, mesmo depois de Barbacena aderir ao programa Minas Consciente, e a flexibilização gradativa do comércio para reabertura das lojas, as feiras livres ainda continuaram proibidas. No dia 25 de junho, um Decreto Estadual fez com que Barbacena retroagisse para a onda Verde do programa do estado, o que determinou, novamente o fechamento do comércio que não é considerado essencial.

Atualmente o cenário é ainda mais complicado, em razão do descumprimento do isolamento social por uma parte da população. São registrados, constantemente, aglomerações em churrascos e praças da cidade.


Agência Expresso 


Imprimir  

Tudo o que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

Receba nossas noticias em seu e-mail: