Barbacena e cidades da região vão receber concentradores de oxigênio da SOMITI

Equipamentos foram doados pela Sociedade Mineira de Terapia Intensiva (Somiti) para auxiliar e facilitar no tratamento após a doença. Veja quais foram os municípios contemplados

 

Seis cidades da Zona da Mata e Campo das Vertentes vão receber, ao todo, 48 concentradores de oxigênio doados pela Sociedade Mineira de Terapia Intensiva (Somiti). A distribuição será realizada pelo Governo de Minas. O equipamento auxilia e facilita no tratamento após a Covid-19.

De acordo com o Estado, os municípios que irão receber nas regiões são: Juiz de Fora, Barbacena, São João del Rei, Cataguases, Santos Dumont e BarrosoEm Minas Gerais, 69 instituições, em 49 municípios, foram contempladas.

Veja a tabela com a quantidade de aparelhos em cada localidade da Zona da Mata e Vertentes:

Concentradores de oxigênio

Cidade Nome da Instituição Quantidade de concentradores
São João del Rei Unidade de Pronto Atendimento São João Del Rei 3
Juiz de Fora Unidade de Pronto Atendimento Santa Luzia 3
Juiz de Fora Hospital e Maternidade Therezinha de Jesus 2
Juiz de Fora Unidade de Pronto Atendimento São Pedro 3
Santos Dumont Hospital Misericórdia de Santos Dumont 1
Cataguases Irmandade da Santa Casa de Misericordia de Cataguases 1
Barbacena Hospital Policlinica de Barbacena 6
São João del Rei Santa Casa de São João Del Rei 12
Barbacena Santa Casa de Barbacena 10
Barroso Instituto Nossa Senhora do Carmo 7
Total   48

Conforme o diretor científico da Somiti, Leandro Braz de Carvalho, os concentradores de oxigênio são contribuições dos profissionais de terapia intensiva para aqueles que sofreram consequências respiratórias depois de passarem pela Covid-19.

Segundo o secretário de Estado de Saúde, Fabio Baccheretti, "o concentrador de oxigênio é um ganho a mais para os pacientes com doenças pulmonares crônicas e para a recuperação da doença, evitando a hospitalização prolongada", finalizou.


Imprimir  

Tudo o que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

Receba nossas noticias em seu e-mail:

 

 







entre em contato pelo whatsapp