Epamig desenvolve ferramenta para auxiliar gestão sustentável de propriedades rurais

Sistema já institucionalizado em Minas Gerais direciona ações e planos para recuperação econômica e ambiental. Saiba +

O sistema Indicadores de Sustentabilidade em Agrossistemas (ISA), desenvolvida pela ​Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), vinculada da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), tem ajudado técnicos e produtores na elaboração de um diagnóstico sobre a situação de propriedades rurais. A ferramenta, criada a partir de uma metodologia que busca a adequação socioeconômica e ambiental dos estabelecimentos rurais, utiliza 21 indicadores que consideram temas como aspectos econômicos, sociais, de gestão, solo e água, manejo dos sistemas de produção e ecologia da paisagem. A proposta é acompanhar o desempenho de unidades demonstrativas de cafeicultura, piscicultura, recuperação de pastagens, dentre outras.

Outro destaque do ISA é a disponibilização de entrevistas com produtores e imagens de satélite para levantamento da realidade local. "Trata-se de uma ferramenta de gestão que aponta riscos, pontos críticos e oportunidades. A partir do diagnóstico e do monitoramento das informações obtidas, é possível elaborar planos de adequação com foco na gestão ambiental e socioeconômica”, explica o pesquisador da Epamig, José Mário Lobo, responsável pelo sistema. Um exemplo da utilidade da planilha ISA foi sua aplicação para recuperação econômica e ambiental na região atingida pelo rompimento da barragem de Fundão, em Bento Rodrigues, distrito de Mariana (MG). Lá, o sistema foi usado em 211 propriedades rurais.

Difusão e treinamentos

O ISA foi elaborado a partir de um projeto multi-institucional executado por Epamig, Embrapa Milho e Sorgo, Emater-MG, Instituto Estadual de Florestas (IEF), Fundação João Pinheiro (FJP) e Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Já institucionalizada em Minas, a ferramenta está sendo implementada, agora, no trabalho de assistência técnica de estados como Espírito Santo, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso do Sul, Bahia e Tocantins. Para esse objetivo, cursos de capacitação foram ministrados para 750 técnicos da Emater-MG, e desde o ano passado, profissionais de outras regiões do Brasil estão sendo treinados para o trabalho de realização de diagnósticos e monitoramento do trabalho de assistência técnica pela Fundação Renova e pelo Senar Nacional.

A perspectiva, conforme informações da Epamig, é que o ISA seja aplicado em cerca de 4 mil estabelecimentos rurais atendidos pelo programa de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG), do Senar, ainda em 2020. Vale lembrar que, desde dezembro, também está ativa a plataforma de educação a distância (EAD) sobre o sistema Indicadores de Sustentabilidade em Agrossistemas (ISA). O ambiente virtual de aprendizagem foi lançado a partir de um projeto do Ministério do Meio Ambiente e a Universidade Federal de Viçosa (UFV). A Capacitação em Gestão Territorial Rural, disponível na plataforma de EAD, oferece treinamentos nas ferramentas Cadastro Ambiental Rural (CAR), ISA e Zoneamento Ambiental Produtivo (ZAP). A expectativa, segundo a Epamig, é que novas turmas sejam disponibilizadas neste ano.


Imprimir  

Tudo o que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

Receba nossas noticias em seu e-mail: